Violência nas escolas é tema de seminário que acontece na ALEP

Seminário Sobre Violência nas Escolas - “Com respeito e sem violência, esta é a escola que queremos” acontecerá no dia 13 de maio

Foto: Divulgação

A violência nas escolas é o tema de um seminário que será promovido na próxima segunda-feira (13), a partir das 9h, no Plenarinho da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP), por iniciativa da deputada Luciana Rafagnin (PT). “O motivo de promovermos este seminário é defendermos para o Paraná um ambiente escolar de respeito e sem violência porque a violência é o oposto da educação e do desenvolvimento da nossa sociedade”, disse a deputada.

Desde 2002, pelo menos nove escolas brasileiras sofreram ataques de estudantes, funcionários ou de egressos da comunidade escolar. No Paraná, em setembro do ano passado, uma escola do município de Medianeira, na região Oeste do estado, entrou para a lista de atentados dessa natureza quando foi palco de um tiroteio promovido por estudantes da instituição. Esse triste episódio ganhou repercussão ao lado de outros atentados, como o ataque à escola de Suzano, na Grande São Paulo, em março deste ano, e o tiroteio em colégio de Realengo, na cidade do Rio de Janeiro, no ano de 2011.

Professores – De acordo com pesquisa da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), a partir de dados coletados em 2013, 12,5% dos professores ouvidos no Brasil disseram ter sido vítimas de agressões verbais ou de intimidações por parte de estudantes pelo menos uma vez por semana. A média desse indicador entre os 34 países pesquisados é de 3,4%. “Temos um ambiente escolar carregado de insegurança, de medos, de ofensas, bullying e com professores que adoecem cada vez mais de estresse e ansiedade por conta, ao mesmo tempo, da desvalorização profissional e das condições de trabalho, a exemplo das denúncias feitas pela representação dos trabalhadores e trabalhadoras em educação”, afirmou a deputada Luciana. “Preocupa, nesse contexto ainda, a facilitação em curso no país do porte de armas, o cerceamento da liberdade dos professores em promover educação crítica e de qualidade e a cultura do ódio que permeia as disputas de poder na nossa sociedade hoje. Situações que certamente contribuem para agravar o quadro”, destacou. O encontro irá reunir autoridades e representantes da comunidade escolar com o intuito de propor políticas públicas e alternativas de enfrentamento à violência e de construção de uma cultura de paz e de respeito nas escolas do Paraná.

Serviço: Seminário Sobre Violência nas Escolas – “Com respeito e sem violência, esta é a escola que queremos”

Por proposição da deputada Luciana Rafagnin

Data: 13 de maio de 2019 (segunda-feira).

Horário: 9h – 12h.

Local: Plenarinho da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP).