Terça (11) tem marcha contra morte de direitos em Brasília


Foto: Paulo Pinto

A CUT Brasília e seus sindicatos filiados realizarão a Marcha Contra os Assassinos de Direitos, em oposição aos senadores que votarão a favor da reforma trabalhista, na próxima terça, às 10 horas, com concentração no Espaço do Servidor. Tanto a marcha, quanto a votação da nefasta medida, acontecerão no mesmo dia, 11 de julho.

Tramitando em regime de urgência, a matéria retira todos os direitos da classe trabalhadora em benefício dos capitais financeiro, agrário e empresarial, verdadeiros responsáveis por colocarem Temer no poder e que agora cobram a alta fatura do financiamento do golpe.

Mas os trabalhadores e trabalhadoras já decidiram que não pagarão essa conta e por isso irão às ruas, mais uma vez, em protesto contra a destruição dos direitos trabalhistas.

Então, contribua com a mobilização para a Marcha Contra os Assassinos de Direitos. Garanta a sua participação e converse com seus colegas de trabalho, vizinhos, familiares e conhecidos. Vamos encher a Esplanada de trabalhadores na próxima terça (11).

Os senadores precisam entender, de uma vez por todas, que quem VOTA não VOLTA.

“Os trabalhadores e trabalhadoras não se esquecerão dessa traição e a CUT, os sindicatos e os movimentos sociais, em todos os estados, estamparão nas ruas e nas redes sociais, a cara desses assassinos de direitos para que sejam riscados do cenário político nacional”, enfatizou Rodrigo Britto, presidente da Central Única dos Trabalhadores em Brasília.

A direção nacional da CUT, por sua vez, estará presente em Brasília na terça-feira, junto com lideranças sindicais de todo o país, para enfrentar os golpistas, sejam eles presididos por Michel Temer ou Rodrigo Maia. Até lá, a CUT continua orientando sua base a manter pressão máxima nas redes sociais e no uso do site NA PRESSÃO, onde há uma campanha específica para a Reforma Trabalhista, que proporciona acesso direto a todos os canais e redes sociais dos senadores, além de informar a posição de cada senador sobre a reforma.

Serviço:
Marcha Contra os Assassinos de Direitos
Quando: Terça-feira, 11 de junho – Dia da votação da reforma trabalhista, às 10 horas.
Onde: Concentração no Espaço do Servidor, na Esplanada dos Ministérios

Fonte: CUT