Sindicato dos Petroleiros anuncia greve para fevereiro

Pauta é a defesa dos empregos e do sistema Petrobrás

Imagem: Divulgação Sindipetro (PR/SC)

Os trabalhadores e as trabalhadoras da Petrobras ligados a Federação Única dos Petroleiros (FUP) estão realizando assembleias para deflagrar uma greve nacional a partir de 1º de fevereiro, com pauta em defesa de milhares de empregos e do sistema Petrobras, que vem sendo desmontado pelo governo Bolsonaro.

Além das venda de refinarias de toda a região nordeste anunciada no fim de 2019, o governo anunciou na última semana o possível fechamento da fábrica Araucária Nitrogenados (Fafen-PR), causando uma onda de atos em solidariedade e em diversas unidades do Sistema Petrobras em Pernambuco, Bahia, Ceará, Rio Grande do Norte e mais 11 estados de outras regiões. A Fafen é uma fábrica de fertilizantes que pertence à Petrobras, e que sendo fechada pode causar a demissão de cinco mil trabalhadores.

Fonte: Brasil de Fato