Servidores(as) começam a semana com a retomada da mobilização no acampamento

Servidores(as) começam a semana com a retomada da mobilização no acampamento

As tendas em frente ao Palácio Iguaçu e Alep não se desarmam com proposta de apenas 1% de data-base

Hoje, dia 2 de julho, os(as) servidores(as) públicos(as) voltam a marcar pressão a partir das 13 horas, no acampamento na área central do governo do Estado. O momento é cada vez mais decisivo para exigir que a governadora Cida Borghetti (PP) pague a reposição e antes da votação dos projetos dos demais poderes do Paraná, nesta quarta-feira (04).

Data-base de apenas 1% de reposição para o Poder Executivo é inaceitável. Servidores(as) questionam os 2,76% anunciados anteriormente como proposta da gestão atual do governo. Já são mais de duas semanas de reuniões, mobilizações e debates com o governo e deputados(as). A luta pela retomada do pagamento da data-base também aqueceria o congelado desde 2016 pelo ex-governador Beto Richa (PSDB).

Chega de calote! O governo tem total condição financeira e legal para arcar com esse orçamento, que é justo ao trabalho executado por seus(suas) próprios(as) servidores(as).

MENU