Série de vídeos divulga trabalhos de professores(as) de História

Projeto compartilha experiências de historiadores(as) docentes e valoriza diálogo entre universidade e escola

Parceria entre professores(as) de História, UFPR e IFPR - Foto: Divulgação

Duas professoras da rede pública estadual e um professor da rede municipal de Curitiba participam de um projeto experimental criado para divulgar trabalhos acadêmicos de professores(as) de História. A iniciativa virou a série “Educação Histórica e Temas Controvérsios da História”, com três vídeos publicados no Youtube.

Em cada vídeo, os(as) professores(as) falam sobre pesquisas realizadas através de projetos de pesquisa e de extensão envolvendo o Laboratório de Pesquisa em Educação Histórica da Universidade Federal do Paraná (Lapeduh – UFPR).

Nas três gravações, os temas são relacionados aos cursos realizados em 2017 e 2018, discutidos de acordo com referenciais da Educação Histórica.

No primeiro vídeo da série (clique aqui para assistir), a professora da rede estadual, Jucilmara Luiza Loos Vieira, narra um pouco sobre como realizou um trabalho ligado ao tema “Holocausto do Ceará”.

No segundo vídeo (clique aqui para assistir), a professora Marcia Moreira, também da rede estadual, relata sobre como realizou um trabalho ligado a utilização de um conto literário em sala de aula. Esse conto possibilitava discussões sobre trabalho infantil e sobre formas de preconceito.

No terceiro vídeo da série (clique aqui para assistir), o professor da rede municipal, Sandro Luis Fernandes, descreve sobre como realizou um trabalho ligado a utilização de várias fontes em sala de aula. As discussões envolveram temas relacionados a identidade dos alunos a partir de sua localidade, história de vida familiar, assim como sobre o que significa ser brasileiro.

A produção é uma parceria entre o Lapeduh – UFPR, o Instituto Federal do Paraná (Campus Curitiba) e as redes de ensino. Segundo os(as) organizadores(as), existe a intenção de “realizar mais vídeos compartilhando experiências de historiadores docentes no intuito de valorizar o diálogo entre a Universidade e a Escola, assim como a relação entre a teoria e a práxis”.

Texto: APP-Sindicato com Assessoria.

Assista ao teaser da série Educação Histórica e Temas Controvérsios da História