Seminários da APP-Sindicato fortalecem mobilização de PSSs e diretores(as)

Seminários da APP-Sindicato fortalecem mobilização de PSSs e diretores(as)

Profissionais se reuniram para avaliar conjuntura e definir ações em defesa do ensino público

Encontros aconteceram na sede estadual do Sindicato - Foto: APP-Sindicato

Dois seminários realizados pela APP-Sindicato neste sábado (1º) reuniram professores(as) e funcionários(as) contratados pelo regime PSS e diretores(as) de escolas. Em pauta, a avaliação de dificuldades enfrentadas por esses segmentos e a mobilização na busca de melhores condições de trabalho e do ensino público. As atividades foram realizadas na sede estadual, em Curitiba.

“Esse encontro se coloca numa conjuntura muito complexa que exige cada vez mais uma organização coletiva, para que a gente possa enfrentar os ataques que a educação pública vem sofrendo dos governos”, destacou o presidente da APP-Sindicato, professor Hermes Leão.

Durante a atividade, a direção estadual fez um resgate das lutas, conquistas e desafios enfrentados pelo Sindicato em defesa dos(as) trabalhadores(as) na educação, PSSs, diretores(as) e todos os demais segmentos, e compartilhou dados sobre o andamento de negociações com o governo.

Em seguida, os(as) profissionais apresentaram várias dúvidas, questionamentos e contrariedades em relação a decisões tomadas pela Secretaria de Estado da Educação (Seed) que prejudicam o processo pedagógico e a gestão democrática.

Veja também: Álbum de fotos do evento

Para o funcionário de escola, Aldemir Ferreira de Oliveira, de Apucarana, a participação no seminário está sendo uma oportunidade de adquirir conhecimento. Ele diz que isso é importante para compreender as leis, não ser enganado e defender os direitos da categoria.

“Esse seminário vem para organizar, entender melhor essa conjuntura e fazer a luta coletiva”, comentou o professor de Língua Portuguesa, Elio da Silva, de Piraquara. Ele destacou que os profissionais da educação têm uma preocupação constante com a qualidade do ensino. Segundo ele, para isso é fundamental que o governo faça a contratação por meio de concurso público.

“Estamos vivendo governos neoliberais que não defendem a escola pública, que não encaram a educação como investimento, que vêem o professor como um inimigo da sociedade. Então é necessário debater a escola pública e as nossas dificuldades para se fortalecer e reverter tantos ataques e retrocessos”, disse a diretora-auxiliar, Cibele de Rossi, de Maringá, ressaltando a importância do seminário organizado pelo sindicato.

De acordo com o presidente da APP-Sindicato, os debates dos dois seminários vão resultar em encaminhamentos que serão levados para todos os Núcleos Sindicais. Ele explica que a luta é coletiva e, por isso, fortalece a mobilização não apenas dos(as) PSSs e diretores(as), mas de toda a categoria.

MENU