Seminário de Saúde da APP avança na construção de um novo modelo de SAS

Seminário de Saúde da APP avança na construção de um novo modelo de SAS

O estabelecimento de um novo modelo é uma das prioridades da jornada de lutas da APP-Sindicato

Pauta prioritária da APP-Sindicato, a construção de um novo modelo de atendimento à saúde dos(as) servidores(as) registrou um importante marco no último sábado (15). Reunidos(as) no auditório da sede estadual, dirigentes de todo o estado debateram e exploraram caminhos para a qualificação do SAS.


“Quem está na escola sabe: são inúmeras as dificuldades enfrentadas pela categoria na hora de cuidar da saúde”, explica Tereza Lemos, secretária de Saúde e Previdência da APP.

“Nós fazemos o possível junto ao Estado para resolver problemas pontuais, mas o modelo atual não tem capacidade de atender o funcionalismo com a qualidade e a agilidade que merecemos e precisamos”, completa.


O Seminário avançou na construção de uma proposta a ser apresentada à Divisão de Assistência à Saúde (DAS) do governo do Estado. No final de fevereiro, APP e demais entidades do Fórum de Entidades Sindicais (FES) reuniram-se com a direção do órgão para explicitar os problemas. Na ocasião, ficou acordada a proposição de um novo modelo.

O encontro também oportunizou mapear gargalos e dificuldades nas 15 regionais de Saúde, com a escuta dos secretários(as) da pasta nos 29 Núcleos Sindicais da APP.

Marlei Fernandes, secretária de Assuntos Jurídicos da APP, ressaltou que o debate não se inicia do zero. “Temos acúmulo nesta construção. pois há anos discutimos as limitações e as soluções para o SAS, incluindo propostas passadas que ainda respondem a muitas das fragilidades que vivenciamos hoje”, afirmou.


Professor Lemos (PT), que além de deputado estadual é sindicalizado da APP, fez um histórico da contribuição coletiva do Projeto de Lei 449/2015, apresentado pelo parlamentar junto aos deputados Péricles e Tadeu Veneri na Assembleia Legislativa. Lemos falou da importância do cuidado com a saúde do(a) servidor(a) e se colocou à disposição para apresentar novamente na Assembleia uma nova proposta construída pelo conjunto do funcionalismo.


O estabelecimento de um novo modelo de atendimento é uma das prioridades da jornada de lutas da APP-Sindicato, aprovada em Assembleia Estadual no dia 28 de janeiro. A intenção é que a reformulação contemple um maior número de hospitais, amplie especialidades em todas as regiões, reduza o tempo de espera e atenda servidores(as) PSS.

Além do debate, o Seminário de Saúde contou com apresentação cultural e palestras de Luciane Kozicz, pesquisadora e mestre em Saúde Pública, e de Ricardo Ayache, médico cardiologista, servidor e presidente da CASSEMS.

A partir das proposições do Seminário, a APP se reunirá com os demais sindicatos e, posteriormente, com o governo para dar sequência na elaboração de um novo modelo de atendimento à saude.

Seminário de Saúde – 15/04 – Curitiba

Isso vai fechar em 0 segundos

MENU