Semana Estadual do Livro e de Incentivo à Leitura começa na próxima segunda-feira

Semana Estadual do Livro e de Incentivo à Leitura começa na próxima segunda-feira

Escolas e bibliotecas públicas estaduais devem promover ações de incentivo à leitura, com a realização feiras, palestras, encontros com autores e contação de histórias

A leitura é um instrumento de emancipação social e deve ser incentivada o quanto antes e ao longo de toda a vida. Ler pode ser uma forma de entretenimento, um meio para se informar e para adquirir conhecimento. Na semana que vem escolas e bibliotecas públicas estaduais do Paraná devem promover ações de incentivo à leitura, como prevê a Lei 19.786, de autoria do deputado estadual Professor Lemos.

A Lei 19.786, aprovada em 2018, criou a Semana Estadual do Livro e de Incentivo à Leitura, que deve ser comemorada na semana do dia 24 de abril, com a realização feiras, palestras, encontros com autores e contação de histórias, a fim de promover o gosto pela leitura. A Semana faz parte do Calendário Oficial de Eventos do Estado do Paraná.

>> Receba notícias da APP no seu Whatsapp ou Telegram

Segundo a pesquisa Retratos da Leitura no Paraná, realizada em maio de 2010, 62,3% dos entrevistados tinham pelo menos um livro nos três meses anteriores. O estudo constatou que o Paraná tem índice de leitura de 8,53 livros por habitante/ano (incluindo livros didáticos), o dobro da média nacional, que é de 4,7 livros por ano.

O ato de ler faz com que as pessoas se desenvolvam intelectual e socialmente, já que há uma ligação forte entre a leitura e a escrita, bem como com a oratória, aponta o deputado Lemos na justificativa do projeto de lei. “Se a criança é estimulada a ler desde pequena, ela com certeza será um adulto questionador e crítico(…) Pessoas que não são leitoras têm a vida restrita à expressão oral e dificilmente ampliam seus horizontes”, registra.

Formar uma sociedade leitora é condição essencial para promover a inclusão social de milhões de cidadãos, garantindo-lhes vida digna econômica e culturalmente.

MENU