Seis anos do Massacre do Centro Cívico será lembrado com paralisação e atos pelo Paraná

Seis anos do Massacre do Centro Cívico será lembrado com paralisação e atos pelo Paraná

Este ano, data será marcada pelo grito de "Fora Feder" e de "Basta de violência na educação. Participe!

 

No dia em que completam os seis anos do Massacre do Centro Cívico, a APP-Sindicato irá rememorar os ataques do governo Beto Richa contra a educação pública do Paraná e denunciar à população a violência laboral e moral sofrida na gestão Ratinho Jr.

De lá para cá, novos ataques tentam atingir a educação pública. Agora em 2021, além de defender a vacinação em massa, a segurança nas escolas e o pagamento do auxílio emergencial, a a APP-Sindicato manifestará contra a intolerância e da falta de respeito com servidores(as). Ratinho Junior segue os passos de seu antecessor, aprofundando ataques e colocando a população contra os(as) educadores(as). Professores(as) estão sobrecarregados(as) com a nova metodologia de aulas online, os(as) funcionários(as) estão sendo substituídos(as) por terceirizados(as) – com cada vez menos direitos e formação específica – e os salários estão congelados. O clima de tensão nas escolas é crescente e tem adoecido a categoria. A educação clama por respeito!

Por isso, neste dia 29 de abril, professores(as) e funcionários(as) farão um dia de paralisação das atividades com realização de atos em todo estado. Os(as) educadores(as) de Curitiba e região Metropolitana poderão participar do ato público que se inicia à partir das 8h em frente ao prédio da Seed (Av. Água Verde, 2140) seguindo com carreata até o Centro Cívico. O ato cumprirá todos os protocolos de segurança sanitária devido a pandemia.

Nas demais regiões, os(as) trabalhadores(as) da educação devem procurar o seu Núcleo Sindical para informações sobre a programação local. Nas redes sociais, poste suas fotos e vídeos sobre a mobilização com as seguintes hashtags:

#BastadeViolêncianaEducação
#APPDefendeVocê
#APP74Anos
#EscolaPúblicaEuDefendo
#GrevePelaVida
#VacinaJá

Leia também:

Convocatória para o dia 29 de abril de 2021