Seed acata pedido da APP e corrige salário previsto em edital para auxiliares de serviços gerais

Seed acata pedido da APP e corrige salário previsto em edital para auxiliares de serviços gerais

Atenta a retrocessos, a APP evitou que mais de 600 auxiliares de serviços gerais PSS recebam salário inferior ao piso estadual

A atuação da APP-Sindicato assegurou que mais de 600 auxiliares de serviços gerais PSS sejam contratados com a remuneração adequada, conquistando a retificação do salário previsto no edital PSS nº 50/2021.

O edital não respeitava o valor mínimo (piso estadual) estabelecido na Lei 18.776/2016 e no Decreto 6.638/2017, de R$ 1.467,40.

A retificação foi informada em protocolo da SEED respondendo a pedidos de impugnação da APP-Sindicato sobre itens do edital.

Atento a tentativas de promover retrocessos nos processos seletivos, o Sindicato também trabalhou para impugnar e alterar outros itens nos editais 49 e 50, mas os pedidos não foram acolhidos pela SEED.

Entre eles, consta o número reduzido de vagas, insuficiente para atender a demanda das escolas, e os valores defasados de auxílio transporte e alimentação.