PSS: dificuldades e instabilidade em plataforma de inscrições tiram o sono da categoria

PSS: dificuldades e instabilidade em plataforma de inscrições tiram o sono da categoria

Antes da prova, fase de inscrição para o novo PSS testa paciência dos(as) candidatos(as)

>> Receba notícias da APP por Whatsapp ou Telegram

Prova objetiva, prova de títulos, prova didática e… prova de paciência. 

A pressa e a falta de planejamento e de orientações por parte da Seed no novo PSS têm gerado inúmeras dificuldades aos(as) candidatos(as) que tentam efetuar a inscrição.  

O prazo para candidatar-se no processo seletivo, que de simplificado não tem nada, termina nesta quinta-feira, às 16h.

Com o tempo acabando, as redes sociais e grupos da categoria estão tomados de reclamações e pedidos de ajuda.

Professores(as) relatam problemas técnicos, instabilidade na plataforma e dificuldade de anexar documentos ou de prosseguir nas etapas da inscrição, além de múltiplas dúvidas. 

O sistema disponibilizado se comporta ao sabor do vento, a depender do navegador e do dispositivo utilizado. Alguns só conseguem completar a inscrição pelo celular, por exemplo.

A desorganização é consequência de mais um processo seletivo formulado e implementado a toque de caixa, sem diálogo e repleto de invenções, como a exigência de vídeo.

A APP-Sindicato orienta que os problemas sejam registrados com prints e enviados ao Instituto Consulplan pelo e-mail [email protected].

O Instituto disponibiliza o telefone 0800-283-4628 para tirar dúvidas.

Também orientamos o protocolo junto à Seed via E-Protocolo.

O Sindicato ingressou com ação na Justiça para derrubar a prova didática do edital.

A APP defende a imediata realização de concursos públicos para suprir a grave carência de quadros e acabar com a realização periódica de processos seletivos que oneram o Estado, impõem gastos desnecessários aos(às) PSS, precarizam as relações de trabalho e incluem etapas cada vez mais abusivas.

Isso vai fechar em 5 segundos

MENU