Promoções, Progressões, Piso Regional e auxílios para funcionários(as) são implementados

Promoções, Progressões, Piso Regional e auxílios para funcionários(as) são implementados

A SEAP reafirmou que o pagamento do retroativo dos auxílios-alimentação e transporte serão pagos em outubro

Após a publicação do decreto que institui a correção do piso regional e implementação das Promoções e Progressões, funcionários(as) de escola já receberam os ajustes em seus contracheques deste mês. A informação foi repassada por servidores(as), que já registram o pagamento em seus holerites.

O governo anunciou ainda que aqueles(as) que ainda não receberam os reajustes na folha deste mês, receberão a correção em outubro. “Nós já conversamos com a Secretaria de Estado da Educação e Esportes (Seed) e a Secretaria de Administração Pública (SEAP) e isto já está sendo resolvido. Aquelas pessoas que ficaram sem esta complementação devem receber no salário de outubro”, conta a secretária de Funcionários(as), Nádia Brixner.

A secretaria da pasta destaca ainda que a complementação do piso regional, tem desconto previdenciário. “Eles fazem o desconto previdenciário, logo isto vai incidir sobre a aposentadoria”. Esta complementação é paga a todos(as) os(as) funcionários(as) que recebem menos que R$1.306,00.

Promoções, Progressões

No documento apresentado à imprensa no dia 03 de julho, durante a greve dos(as) servidores(as), estabeleceu que as Progressões para funcionários(as) de escola QFEB (Concursados) deveriam ser pagas em setembro com o retroativo a agosto. Já as Promoções, deveriam ser pagas na folha do mesmo mês, retroativo a data de protocolo. A secretária de Funcionários(as), Nádia Brixner explica que o pagamento das Progressões e Promoções foi garantido graças a luta dos(as) educadores(as) e demais servidores(as). ” Foi por conta da greve que conseguimos garantir com que esse direito fosse implementado agora, em setembro”, enfatiza Brixner.

O Auxílio-Alimentação e Transporte

Sobre o pagamento do retroativo dos auxílio-transporte e alimentação, que deveriam ser pagos em setembro, a SEAP afirmou que o reajuste será implementado no salário de outubro. Vale lembrar que o retroativo dos auxílios é relativo ao mês de abril.

A gestão publicou no decreto, que o valor do Auxilio Alimentação que o valor do auxílio vai de R$103,00 para R$106,86.O Auxílio alimentação, é pago a todos(as) os(as) funcionários(as) que recebem menos que dois salários mínimos, ou seja, R$1998,00. Já o Auxílio Transporte, o reajuste foi de 2,76%, ou seja, o valor que os(as) funcionários(as) receberão será de R$166,63.

A APP-Sindicato vem lutando para que o valor do Auxílio-Transporte seja o mesmo pago aos(às) QFEB (R$413,00). Hoje, os(as) funcionários(as) PSS recebem R$162,00 e os(as) funcionários(as) Clad/CLT e Paraná Educação, recebem em forma de cartão transporte.

O Sindicato enfatizou durante a última reunião com o governo, que este reajuste dos Auxílios-transporte e Alimentação abaixo da proposta apresentada no documento apresentado à imprensa no dia 03 de julho, demonstra um desrespeito com os funcionários(as) PSS, bem como com o compromisso de greve. Nádia Brixner destaca que a APP-Sindicato continuará cobrando que o governo cumpra sua palavra. “Nós vamos continuar lutando pela correção destes valores. O governo do estado não pode continuar desrespeitando os(as) funcionários(as) de escola que são os(as) trabalhadores(as) com os menores salários do estado”, reafirma a secretária de funcionários(as).

Durante a tarde de terça-feira (24), a secretária de funcionários(as) participou edição de mais uma edição do programa “Funcionários(as) Em foco”, onde apresentou informações sobre as licenças especiais e reajustes para funcionários(as) de escola. Assista o programa abaixo:

MENU