Privatização da Petrobras será tema de Audiência Pública na ALEP

Nesta quarta-feira (6) será feito mais um leilão da cessão onerosa do pré-sal

Na mira das privatizações do Governo Federal, a Petrobras é uma das empresas que, se for vendida, pode colocar em risco a segurança energética do país. O alerta feito por especialistas será tema de uma Audiência Pública na próxima segunda-feira, 11 de novembro, em Curitiba, no Plenarinho da Assembleia Legislativa do Paraná, a partir das 9h.

Para o Deputado Requião Filho (MDB), que propôs o debate, o anúncio de privatizar a Petrobras segue na contramão do que fazem outros países que, ao contrário, têm buscado maneiras de fortalecer seu posicionamento na questão da energia. A produção atual beira os 1,9 milhões de barris por dia e a empresa é pioneira no desenvolvimento de diversas tecnologias, como a de exploração do pré-sal, por exemplo.

“É um crime contra o Brasil. A energia produzida pela Petrobras é a sétima maior do mundo e é vital para nossa economia e para segurança. E aqui no Paraná isso representaria numa série de consequências desastrosas, inclusive com demissões em massa. Dificilmente você verá algum outro lugar do mundo adotando uma política autodestrutiva desta maneira”, apontou.

Para o debate são esperadas as participações de representantes do Sindicato dos Petroquímicos do Paraná, Associação dos Engenheiros da Petrobrás do Rio de Janeiro, Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (INEEP), Sindicato dos Petroleiros do Paraná e Santa Catarina, engenheiros, especialistas e outros convidados. Participe!

Fonte: Senge/PR