Pressione os(as) deputados(as) federais para salvar o projeto que altera o Novo Ensino Médio APP-Sindicato

Pressione os(as) deputados(as) federais para salvar o projeto que altera o Novo Ensino Médio

De acordo com a mudança, ao invés de destinar 2.400 horas para a formação geral, o deputado e ex-ministro pretende reduzir para 2.100 horas o currículo básico

Plenário da Câmara dos Deputados - Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

Nesta terça-feira (12) educadores(as) de todo o país enfrentam mais uma batalha pela educação pública.

O relator da proposta, deputado Mendonça Filho (União-PE) apresentará na Câmara dos(as) Deputados(as) o PL 5230/23, o qual altera pontos importantes do Novo Ensino Médio. Desviando a proposta original construída pelo governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em debate com setores que defendem a educação pública, Mendonça Filho pretende reduzir a carga horária para disciplinas do currículo básico.

:: Receba notícias da APP pelo Whatsapp ou Telegram

De acordo com a mudança, ao invés de destinar 2.400 horas para a formação geral, Mendonça Filho pretende reduzir para 2.100 horas o currículo básico. Ainda segundo a proposta de alteração, as 300 horas a menos serão destinadas para que secretários(as) estaduais de educação apliquem para completar em disciplinas regulares ou itinerários formativos. 

Para evitar que um projeto que não atende as expectativas das comunidades escolares e movimentos que lutam pela educação, o Ministro da Educação deve solicitar a retirada da urgência na tramitação da pauta.

Em resposta, o Fórum Nacional Popular de Educação (FNPE) convocou uma mobilização nacional para defender uma educação de qualidade para os jovens brasileiros.

A entidade entende que a proposta apresentada pelo governo, embora necessite ser aperfeiçoada, apresentou avanços significativos para garantir uma educação democrática, plural e de qualidade. 

>> Confira a íntegra da apresentação do MEC aqui

A mobilização reivindica, também, o fim do “notório saber”, medida que permitiu a presença de profissionais sem formação pedagógica nas escolas e o fortalecimento da formação profissional integrada. Esta alteração também está presente no projeto original do governo Lula.

Por isso é hora de pressionar! Cobre os deputados(as) para que votem no texto original do PL 5230/23. Faça a sua parte e mande mensagens clicando nos links abaixo:

📲 Aliel Machado (PSB)  – https://appsindicato.org.br/6p51

📲 Beto Richa (PSDB) – https://appsindicato.org.br/bitg

📲 Carol Dartora (PT) – https://appsindicato.org.br/6cxj

📲 Diego Garcia (Republicanos) – https://appsindicato.org.br/e78v

📲 Dilceu Sperafico (PP) – https://appsindicato.org.br/dkjc

📲 Sargento Fahur (PSD) – https://appsindicato.org.br/tri1 

📲 Felipe Francischini (União) – https://appsindicato.org.br/exbh

📲 Filipe Barros (PL) – https://appsindicato.org.br/atn9

📲 Geraldo Mendes (União) – https://appsindicato.org.br/xld6

📲 Giacobo (PL) – https://appsindicato.org.br/8vtx

📲 Gleisi Hoffmann (PT) – https://appsindicato.org.br/bkkp

📲 Luciano Ducci (PSB) – https://appsindicato.org.br/9kby

📲 Luisa Canziani (PSD) – https://appsindicato.org.br/1jdp

📲 Luiz Nishimori (PSD) – https://appsindicato.org.br/rmsa

📲 Delegado Matheus Laiola (União) – https://appsindicato.org.br/98sm

📲 Paulo Litro (PSD) – https://appsindicato.org.br/a26f

📲 Pedro Lupion (PP) – https://appsindicato.org.br/h0rs

📲 Padovani (União) – https://appsindicato.org.br/z6lv

📲 Ricardo Barros (PP) – https://appsindicato.org.br/3jjw 

📲 Sandro Alex (PSD) – https://appsindicato.org.br/pxxx 

📲 Sergio Souza (MDB) – https://appsindicato.org.br/j249 

📲 Tadeu Veneri (PT) – https://appsindicato.org.br/6bva

📲 Tião Medeiros (PP) – https://appsindicato.org.br/howg

📲 Zeca Dirceu (PT) – https://appsindicato.org.br/1ej6

MENU