Núcleo Sindical de Maringá recebe 3 mil trabalhadores(as) da educação para assembleia da APP


As assembleias fora de Curitiba são uma das marcas da atual gestão estadual da APP-Sindicato. O debate estendido já passou por Apucarana, Guarapuava,  Londrina, Foz do Iguaçu, Ponta Grossa e agora chega a Maringá.  Neste sábado (11) mais de 3 mil educadores(as) lotam o Pavilhão de Eventos da cidade

img_0614A presidenta do Núcleo Sindical de Maringá , professora Vilma Garcia da Silva, comenta a importância da descentralização dos debates e votações. “Para nós é um momento significativo. Essa assembleia fortalece a nossa representatividade na região, nas mobilizações. Nós ficamos muito satisfeitos com a realização aqui na nossa cidade e estamos prontos para receber toda categoria para um amplo debate”,  recepciona a presidente.

Inclusão – A primeira assembleia do ano está também marcada por duas ações pioneiras no Sindicato. Pensando nos profissionais com deficiência,  as professoras Salua, Adriana e Cleonice, fazem a tradução simultânea da assembleia na linguagem de sinais. Para os(as) trabalhadores(as) com limitações visuais, a entidade produziu uma versão especial do jornal APP-Informa, com letras maiores e diagramação especial para facilitar a leitura.img_0625

Devido ao grande número de participantes, que surpreendeu até os(as) organizadores(as), a assembleia estadual da APP começa com quase duas horas de atraso, a previsão de término é no início da tarde. As informações sobre as decisões da categoria serão publicadas aqui, no site da APP.

:: Confira aqui a versão digital da Edição pedagógica.