Militarização: carta às mães, pais ou responsáveis

Militarização: carta às mães, pais ou responsáveis

Confira a carta da direção da APP-Sindicato sobre a militarização das escolas no Paraná

Nesta segunda (26) o governo do Estado anunciou a transformação de 200 colégios públicos estaduais em escolas militarizadas. A mudança é significativa e não pode ser feita a toque de caixa.

De forma apressada está convocando a comunidade escolar – mães, pais, ou responsáveis, professoras(es), funcionárias(os), diretor(a) e estudantes – para de forma apressada, sem uma assembleia ou discussão mínima, dê seu voto pela implantação da escola militarizada.

Como fazer escolha sem um debate amplo sobre os limites e possibilidades da proposta? Vocês sabem das implicações que seus filhos e filhas estarão submetidos(as) caso o colégio faça a opção pelo regime militar? Que poderão ficar sem matrícula caso a direção militar entenda que ele(a) não se adaptou ao colégio e desta forma terá buscar um colégio longe de sua casa? E que também não haverá ensino noturno nas escolas militarizadas, tão importante aos estudantes trabalhadores(as)? Que você não poderá escolher a direção da escola, um direito que está sendo retirado(a) pela Lei aprovada? O que justifica fazer um processo de consulta presencial, chamando as pessoas às escolas em um período que o Paraná contabiliza mais de 200 mil casos e, infelizmente, 5 mil mortes pelo Covid-19?

Você que espera que seu filho(a) tenha autonomia e seja uma pessoa cidadã saiba que as mudanças pedagógicas desrespeitam a identidade e a autonomia do seu/sua filho(a). O colégio militar é para formar soldados; escola pública é para formar cidadãos(ãs) humanizados(as), livres, plurais, diversos(as) e emancipados(as).

Exija o mínimo de respeito do governo para que você saiba o que a mudança para colégio militar implicará. É a educação de seu/sua filho(a), um bem precioso que está em jogo. Não se deixe enganar por propagandas oficiais que escondem as verdadeiras intenções da militarização das escolas.

Diga NÃO à militarização das escolas!

Direção Estadual da APP-Sindicato

CartaMaesMilitarizacao (1)

 

Leia também:

:: Sem qualquer debate com a comunidade escolar, Ratinho anuncia militarização de escolas