Média móvel de casos de Covid tem alta de 1.600% em duas semanas no Paraná

Média móvel de casos de Covid tem alta de 1.600% em duas semanas no Paraná

Dados confirmam alerta da APP sobre a importância do passaporte da vacina para o retorno seguro às aulas

A alta de 1.600% na média móvel de casos de Covid no Paraná em duas semanas confirma o alerta da APP-Sindicato sobre a importância do passaporte da vacina para o retorno seguro às aulas, no dia 7 de fevereiro.

Dados da Secretaria da Saúde apontam que em duas semanas mais 12.559 casos de Covid foram confirmados no Paraná, com oito óbitos. Curitiba tinha mais de 10.200 casos ativos da doença no dia 13 de janeiro. 

A APP reafirma a defesa do passaporte da vacina, fundamental para a segurança das comunidades escolares nesse momento da pandemia.

No dia 7 de fevereiro, cerca de um milhão de alunos(as) retornarão às escolas estaduais do Paraná. Em meio à alta de casos e as incertezas sobre o avanço da nova variante do coronavirus, não há justificativa para permitir o acesso de estudantes às escolas sem comprovante de vacinação.

A insistência de Ratinho Jr em rejeitar o passaporte tem o objetivo de mantê-lo alinhado a Jair Bolsonaro, mas ameaça a saúde pública paranaense.

Não há justificativa técnica para rejeitar o passaporte, já que a imunização de adolescentes a partir de 12 anos – a maior parte dos estudantes da rede estadual – já está concluída. Falta vacinar apenas as crianças de 7 a 11 anos de idade, o que pode ser feito rapidamente assim que doses forem disponibilizadas.

A APP lamenta que Ratinho Jr insista em uma atitude irresponsável que traz riscos desnecessários para a comunidade escolar e o conjunto da população. A educação paranaense precisa de passaporte da vacina já!