Força Aguinaldo! Estudantes realizam ato em repúdio à violência contra professor do Instituto de Educação

Força Aguinaldo! Estudantes realizam ato em repúdio à violência contra professor do Instituto de Educação

APP-Sindicato endossa o manifesto em solidariedade e também cobra dos governantes mais segurança para a população

Estudantes dos terceiros anos do Instituto de Educação do Paraná realizaram protestos por Justiça

Os(as) estudantes dos terceiros anos do Instituto de Educação do Paraná Professor Erasmo Pilotto realizaram, na manhã desta sexta-feira (18) um ato por justiça e em solidariedade ao professor Aguinaldo Cavalheiro de Almeida.

Aguinaldo, ou Guiga, como é carinhosamente chamado pelos estudantes e companheiros(as) de trabalho, é professor do Instituto e foi brutalmente espancado após um assalto na noite do último sábado (12)  na região central de Curitiba e permanece hospitalizado em estado grave devido às lesões.

O ato teve a participação de professores(as) e funcionários(as) que expressaram repúdio à violência sofrida pelo educador e exigem agilidade na investigação.

O diretório estudantil do Instituto informa que as manifestações acontecerão todas as sextas-feiras até o retorno do professor Aguinaldo à escola.

“Foi um absurdo o que aconteceu com ele. O Aguinaldo dá aulas nos cursos aqui deste colégio para professores. Como  é que um professor que forma professores recebe uma agressão tão violenta dessa e tudo permanece impune. Vamos estar a cada momento cobrando e passando informações sobre o caso. Vamos estar amanhã, sábado em um ato às 14 horas no Passeio Público fazendo esta denúncia pública” reforça o professor Kiko, que acompanhou o ato.

Até o momento não há informações precisas sobre o andamento da investigação do caso. A APP-Sindicato continuará acompanhando os atos e cobrando justiça para o caso do professor Guiga.

 

MENU