FES convoca entidades para eleger representantes dos(as) servidores(as) na ParanaPrevidência

FES convoca entidades para eleger representantes dos(as) servidores(as) na ParanaPrevidência

Plenária acontece no dia 29 de agosto, em Curitiba, e estão convocados(as) os(as) representantes das entidades sindicais que compõem o FES

O Fórum das Entidades Sindicais (FES) realiza no dia 29 de agosto uma plenária para eleger seus(suas) representantes nos conselhos de Administração e Fiscal da ParanaPrevidência. A reunião será na sede estadual da APP-Sindicato, em Curitiba (Avenida Iguaçu, 880, Rebouças). 

Estão convocados(as) os(as) representantes dos sindicatos de servidores(as) públicos(as) do Poder Executivo do Paraná que compõem o Fórum. A primeira chamada está marcada para 8h30 e a segunda convocação às 9h. 

Leia também: ParanaPrevidência: mais de 51 mil aposentados(as) ainda não fizeram recadastramento obrigatório

A plenária acontece em cumprimento ao Edital 47.697, publicado pela Secretaria de Estado da Administração e da Previdência (Seap) no dia 9 de maio de 2023. A medida visa garantir a representação adequada dos interesses dos(as) servidores(as) públicos(as) na administração e fiscalização do regime de previdência.

Segundo o FES, a assinatura de termo de compromisso dos referidos(as) eleitos(as) é passo essencial para assegurar a integridade e o cumprimento das responsabilidades inerentes ao papel que irão desempenhar nos conselhos.Confira aqui a íntegra da convocação do FES.

Avaliação e planejamento

No início deste mês de agosto, as entidades que compõem o FES se reuniram para avaliar as ações do primeiro semestre e elaborar as estratégias para o segundo período de 2023. 

Considerando que o reajuste salarial de 5,79% concedido pelo governo não contempla a defasagem salarial superior a 42%, as lideranças definiram cinco eixos estratégicos para avançar na pauta.

Representantes dos(as) servidores(as) avaliam e planejam estratégias para avançar na pauta – Foto: FES

Uma das ações é lutar para que o governo e a Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) incluam a data-base de 2024 na Lei Orçamentária Anual (LOA). Também foi definida como reivindicação prioritária a extinção do desconto previdenciário na folha de pagamento de aposentadas(os) que recebem abaixo do piso do INSS, fixado hoje em R$ 7.507,49.

Um grupo de trabalho será criado para levantar dados sobre a crescente terceirização de serviços públicos e trabalhar para que o governo realize concursos públicos em todas as carreiras. 

O Fórum também atua para discutir no âmbito governamental melhorias no Sistema de Assistência à Saúde do Servidor (SAS) e nas perícias médicas e vai exigir que o governo cumpra a lei e convoque Conferência Estadual da Saúde.

Com objetivo de fortalecer a luta, foi levantada a necessidade de um seminário para que os(as) trabalhadores(as) possam analisar e discutir a situação do sindicalismo.

Isso vai fechar em 0 segundos

MENU