Faltas da greve: governo autoriza compensação da paralisação de 29 de abril

Faltas da greve: governo autoriza compensação da paralisação de 29 de abril

A medida foi autorizada em despacho publicado nesta terça-feira (3) e assinado pelo governador.

>> Quer receber notícias da APP pelo whatsapp ou telegram? Clique aqui!

Educadores(as) e demais servidores(as) que participaram da greve do dia 29 de abril poderão compensar a falta. A medida foi autorizada em despacho publicado nesta terça-feira (3) e assinado pelo governador.

A decisão é fruto da força da mobilização e da negociação ocorrida ainda no dia 29, em reunião entre APP, entidades sindicais, Casa Civil e SEAP.

O despacho é direcionado aos grupos de recursos humanos de todas as secretarias, incluindo a Seed.

A não penalização dos(as) grevistas(as) foi um dos quatro pontos de pauta tratados na mesa de negociação, além do pagamento da Data-Base dos últimos 12 meses, o fim dos descontos da previdência de aposentados(as) que recebem abaixo do teto do INSS e o destravamento das progressões, promoções, anuênios e quinquênios.

O Estado ficou de apresentar a data de uma nova rodada de negociação, a ocorrer em cerca de 15 dias.

>> Confira o documento:

Despachogovernamental29042022
MENU