Estado bloqueia benefícios de 12 mil aposentados(as) e pensionistas que não efetuaram recadastramento na ParanaPrevidência APP-Sindicato

Estado bloqueia benefícios de 12 mil aposentados(as) e pensionistas que não efetuaram recadastramento na ParanaPrevidência

Ainda é possível reverter o bloqueio atualizando os dados junto à ParanaPrevidência

O governo do Paraná vai bloquear os pagamentos de cerca de 12 mil aposentados e pensionistas da ParanaPrevidência que não fizeram o recadastramento obrigatório. Quem ainda não se recadastrou deve atualizar os dados para regularizar os pagamentos.

Segundo o instituto, 113 mil beneficiários foram convocados em 2023 para fazer o recadastramento até dia 31 de dezembro e 101 mil atualizaram os dados necessários. 

Os(as) beneficiários(as) podem atualizar os dados por meio do aplicativo PrRrev, disponível para download nas lojas de aplicativos Apple Store e Play Store. A APP preparou um tutorial sobre como proceder.

 

O recadastramento também pode ser feito presencialmente, na central de atendimento em Curitiba (rua Inácio Lustosa 700) ou nos Núcleos Regionais de Educação.

Os horários de atendimento em Curitiba serão ampliados a partir de 31 de janeiro. O atendimento será das 7h30 às 19h. Das 7h30 às 8h e das 18h às 19h o atendimento será exclusivo para recadastramento.

O desbloqueio de pagamentos ocorrerá em até 72 horas após 31 de janeiro, data em que estava previsto o crédito.

A ParanaPrevidência disponibiliza o número 0800 643 0037 para esclarecimento de dúvidas.

Para apoiar os(as) educadores(as) aposentados(as), a APP realizou uma série de mutirões de recadastramento em Curitiba e no interior do Paraná, ao longo do ano passado. 

Os mutirões foram feitos em parceria com a ParanaPrevidência, que disponibilizou funcionários para atender os aposentados em quatro ações em Curitiba e depois em Maringá, Francisco Beltrão, Guarapuava, Pato Branco e Dois Vizinhos.

 

MENU