Enem: Isentos ausentes nas provas deste ano, poderão se reinscrever para exame

Enem: Isentos ausentes nas provas deste ano, poderão se reinscrever para exame

O período de reinscrição está aberto e não é preciso justificar a ausência no Enem 2020 ou pagar a taxa de inscrição

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou a reabertura das inscrições par ao Enem 2021. A novidade é que todos(as) os(as) estudantes que tiveram a isenção negada por ter faltado na edição do ano passado, poderão se reinscrever sem precisar pagar a taxa ou apresentar justificativa.

Mas atenção,  o prazo final para a inscrição é às 23h59 do dia 26 de setembro, domingo agora.

A prova, para os(as) novos(as) inscritos(as) será nos dias 9 e 16 de janeiro de 2022. Vale destacar que, quem já se inscreveu anteriormente, fará a prova  nos dias 21 e 28 de novembro de 2021.

A decisão do Inep acontece 10 dias após o Supremo Tribunal Federal (STF) determinar a reabertura do pedido de isenção.

Muitos estudantes, porém, deixaram de ir por medo de serem contaminados(as) e desenvolverem a Covid-19 antes de haver vacinas disponíveis, justificativa que não era considerada aceitável pelos critérios previstos no edital.

Quem tem direito à isenção?

O novo  vale para aqueles que comprovarem ter direito à gratuidade, mas sem que precisem justificar falta em edição anterior do exame.

Egressos(as) do ensino médio em escola pública ou que foram bolsistas integrais durante toda a etapa em escolas particulares têm direito à gratuidade na inscrição do exame. Alunos(as) que estão cursando a última série do ensino médio na rede pública, no ano de 2021, também podem pedir a isenção.

O mesmo vale para quem está em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda. Nesse caso, é preciso comprovar a inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Com informações: Agência Brasil