Emir Sader visita a APP para propor parcerias e debater a conjuntura estadual e nacional

Emir Sader visita a APP para propor parcerias e debater a conjuntura estadual e nacional

Outro tema da reunião foi a participação de Sader nas atividades de formação da APP

A presidenta da APP, professora Walkiria Mazeto, recebeu na tarde de terça-feira (7) a visita do professor Emir Sader, diretor o Laboratório de Políticas Públicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde é professor de Sociologia. Eles conversaram sobre a conjuntura nacional e os desafios da educação no governo Lula.

Outro tema da reunião foi a participação de Sader nas atividades de formação da APP. Em breve o Sindicato lançará um novo programa, desenvolvido em parceria com a Unespar. Emir deve participar de agendas em março, quando representantes dos 29 Núcleos Sindicais devem se reunir em Curitiba. Até lá, a APP avalia a possibilidade de montar um calendário de palestras dele pelo interior do Paraná.

Sader presenteou a APP com exemplares do seu livro “E Agora Brasil?” e pediu apoio para o projeto do portal Paraná Contemporâneo, que reuniria textos e fotos sobre economia, cultura, esportes e culinária paranaenses. 

Emir Sader é graduado em Filosofia pela Universidade de São Paulo, mestre em Filosofia e doutor em Ciência Política por essa mesma instituição, onde trabalhou como professor das duas disciplinas. Ele atuou também como pesquisador do Centro de Estudos Socioeconômicos da Universidade do Chile e foi professor de Ciência Política na Unicamp. Atualmente dirige o Laboratório de Políticas Públicas da UERJ, onde leciona Sociologia.

Também participaram do encontro o secretário de Comunicação da APP, Daniel Matoso; o secretário de Formação Política Sindical e Cultura, Cleiton Costa Denez; a secretária de Aposentados, Maria Adelaide Mazza Correia; a secretária de Assuntos Municipais, Marcia Aparecida de Oliveira Neves; o secretário Executivo de Assuntos Municipais, Antônio Marcos Rodrigues Gonçalves; a secretária Executiva Educacional, Nádia Brixner; e a secretária de Políticas Sociais e Direitos Humanos, Jussara Aparecida Ribeiro.

Isso vai fechar em 5 segundos

MENU