Em fevereiro, Sindicato intensificou cobranças sobre segurança nas escolas

Em fevereiro, Sindicato intensificou cobranças sobre segurança nas escolas

Reveja as principais ações que marcaram o trabalho sindical no segundo mês de 2021

O segundo mês do ano foi de muito trabalho para garantir condições mínimas de segurança no ensino e no aprendizado. A direção estadual procurou pais, mães e responsáveis pelos alunos(as) de diferentes regiões do estado para ouvir sobre os anseios para a volta às aulas. A APP buscou com o governo e na Justiça respostas que garantissem o direito à vida, ao ensino e ao aprendizado. Veja abaixo o resumo das ações do período:

Você já é sindicalizado(a) à APP? Então atualize seus dados cadastrais e participe da Campanha que distribuirá 4 smartphones.  Ainda não é sindicalizado(a)? Então faça você também parte desta trajetória de lutas e conquistas!

FEVEREIRO
01 – APP-Sindicato organiza ato durante a primeira sessão legislativa do ano em várias cidades do estado e pede apoio para reivindicações da categoria. Ato público também na Alep
04 – Em ação inédita, APP organiza reunião online para ouvir pais e estudantes sobre volta às aulas
04 – APP-Sindicato entra na Justiça para barrar ilegalidades da Resolução de Distribuição de Aulas
04 – Sindicato cobra de Ratinho Jr. e Renato Feder o salário de gestantes PSS
05 – Direção estadual procura o Ministério Público do Estado para solicitar uma reunião sobre protocolos sanitários no retorno das aulas presenciais
08 – Para embasar reivindicação de adiamento do retorno presencial, Sindicato conversa com cientistas especialistas em pandemia
09 – APP publica a Edição Pedagógica Especial Paulo Freire. Material apresenta análise teórica e social sobre os desafios da educação no Paraná.
09 – Após pressão do Sindicato, governo recua e adia início das aulas.
10 – Sindicato denuncia e cobra da Seed respostas sobre dificuldades no processo de matrícula da EJA
10 – APP participa de audiência pública sobre riscos das aulas presenciais em tempos de pandemia
17 -Direção estadual realiza nova assembleia online e categoria define pela greve até que escolas tenham condições
18 – Após denúncia da APP-Sindicato, mídia noticia que escolas estaduais enfrentam surto de Covid-19 mesmo sem aulas presenciais
18 – Dirigentes estaduais oficiam Estado sobre início da greve e pedem abertura da mesa de negociações
24 – APP divulga canal de denúncia para que educadores(as) relatem falta de condições de trabalho e segurança nas escolas da rede estadual
24 – Mais uma ação ganha pela APP! Sindicato começa receber documentos para Ação do Desconto Previdenciário
24 – Sindicato solicita ao MP-PR uma medicação sobre o debate das aulas online
25 – Direção estadual protocola ofício da Seed e Sesa para solicitar soluções sobre problemas das aulas online
25 – Direção procura Defensoria Pública do Estado e protocola ofício solicitando medição para tratar das aulas online
25 – Na Alep, direção estadual solicita à Frente Parlamentar do Coronavírus, um pedido de mediação sobre as aulas remotas.
26 – Sindicato protocola ofício no Ministério Público do Trabalho solicitando informações sobre a qualidade dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) enviados às escolas
26 – Sindicato cobra da Seed resposta sobre as cotas para negros(as) no edital PSS e sobre a distribuição de aulas