Em ajustes, novo porte de escolas gera transtornos e requer mobilização de diretores(as) APP-Sindicato

Em ajustes, novo porte de escolas gera transtornos e requer mobilização de diretores(as)

A APP ressalta a importância da manifestação das direções escolares junto aos Núcleos Regionais e à Seed apontando os problemas

>> Receba notícias da APP no seu Whatsapp ou Telegram

A rede estadual do Paraná passa por mais um início de ano letivo tumultuado. Após uma distribuição de aulas repleta de problemas, mudanças em andamento no porte escolar causam dor de cabeça e confusão na categoria, dificultando a organização da rotina e do funcionamento dos estabelecimentos de ensino.

A Secretaria de Estado da Educação (Seed) ainda não publicou a resolução que estabelece os novos regramentos. A justificativa, segundo a pasta, é que a fórmula está em fase de observação na prática e passa por ajustes. Algumas mudanças já foram efetivadas, como a redução do ponto de corte para a presença de diretores(as) auxiliares.

O governo deve rodar novamente o porte nas próximas semanas a fim de realizar adequações. Por este motivo, a APP ressalta a importância da manifestação das direções escolares junto aos Núcleos Regionais e à Seed, relatando os problemas ocasionados e as carências em cada setor da escola.

O Sindicato avalia de perto a situação da rede e provocará uma reunião para debater os parâmetros e reivindicar ajustes. Em rápida enquete realizada nas redes sociais do Sindicato nesta terça-feira (6), 94% dos(as) respondentes afirmaram que a demanda das suas escolas diminuiu. Muitos(as) relatam queda apesar do aumento no número de estudantes. Confira alguns dos depoimentos abaixo.












MENU