Educadoras na luta por mais direitos e nenhum retrocesso

Educadoras na luta por mais direitos e nenhum retrocesso

APP-Sindicato prepara materiais e ações especiais para a semana do 8 de março. Ainda há muito o que avançar quando o assunto é igualdade!

8 de março: uma data carregada de simbolismo e memórias de mulheres que lutaram e que ainda lutam por igualdade e respeito. Recuperar essa história é inserir o debate sobre o direito à isonomia e sobre o combate à violência de gênero na sociedade, ainda tão carente de espaços de igualdade e de políticas públicas de atenção à mulher. Relembrar a luta feminista é, acima de tudo, uma maneira de construir uma sociedade mais humana e justa. Por isso, a APP-Sindicato preparou um conjunto de atividades para embasar o debate sobre gênero dentro e fora das escolas.

Nesta semana, você encontrará aqui, no site da APP, e também na Fanpage do Sindicato, informações teóricas, propostas de atividades e dicas de materiais cuja temática está centrada na valorização da mulher trabalhadora e na promoção da igualdade. Nas escolas, já chegou o Jornal Mural Especial 8 de Março  trazendo embasamento teórico e uma proposta de atividades para contribuir com a reflexão em sala de aula. Uma jornada a ser percorrida por todas e todos.”É importante que as mulheres profissionais de educação organizem e estimulem, como protagonistas desta história, a discussão nas escolas sobre igualdade de condições entre homens e mulheres”, norteia a secretária da Mulher Trabalhadora e dos Direitos LGBT da APP, professora Lirani Maria Franco.

No dia 8 de março, duas ações marcarão o Dia Internacional da Mulher, na APP: pela manhã haverá um debate – transmitido ao vivo nas redes sociais  –  sobre os desafios da mulher trabalhadora nas escolas públicas do Estado. À tarde, acontecerá um grande ato público na Praça da Mulher Nua, às 16h30, onde trabalhadoras de diferentes categorias se manifestarão contra a desigualdade de gênero e todas as formas de violência sofrida pelas mulheres.

Veja também

:: Mulheres são de luta – série fotográfica sobre paranaenses que  lutam das causas populares, direitos humanos.

:: Revista Mátria – Edição especial 8 de Março e a luta feminista

:: Por que as mulheres vão às ruas neste 8 de Março? – Paraná terá mobilizações contra violência

 

MENU