Dia do(a) Funcionário(a) de Escola com respeito e reconhecimento APP-Sindicato

Dia do(a) Funcionário(a) de Escola com respeito e reconhecimento

7 de agosto merece comemoração, pois, Sem Agente a Escola Para!

Sou funcionário(a) e também educo! Aqui no Paraná, a data é comemorada a cada 7 de agosto, após ser instituída em 2010 pela Lei 16.423, aprovada na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), e apresentada pelo deputado Professor Lemos, que visa celebrar a alteração feita na Lei de Diretrizes e Bases da Educação, em 2009, onde o artigo 61 reconhece o trabalho dos(as) funcionários(as) de escola como trabalho de educadores(as), ou seja, como profissionais da educação.

Reconhecimento e valorização – A APP-Sindicato destaca a importância da data – e de todo o mês de agosto. É preciso e justo homenagear e pensar sobre a importância do trabalho realizado. Afinal, depois dos últimos períodos e ataques aos direitos, como a terceirização, a extinção da carreira, o não pagamento das promoções e progressões e o congelamento dos salários pelo não pagamento da data-base, é muita tentativa de desvalorização, mas, a educação não se cala.

A secretária de Funcionários(as) da APP, Nádia Brixner, faz a seguinte indagação: pode-se pensar que por tudo o que passam os funcionários e funcionárias, talvez, realmente não temos o que comemorar – em especial neste ano. Será?  

“Errado! Volto a afirmar, temos sim! Primeiro porque a nossa profissão é reconhecida, e todo o arcabouço de legislação traz mais forças para derrubar os ataques implementados pelo governo estadual. Segundo porque ficou nítido durante todo o período da pandemia o quão essencial é o nosso serviço. Afinal, as escolas tiveram a presença dos funcionários na pandemia, seja por escala ou não, mas foi preciso para as escolas funcionarem. Foi e é preciso para que a educação como um todo aconteça. Precisamos de um governo que respeite o trabalho de toda a comunidade escolar”, disse Nádia.

 

Os(as) funcionários(as) participam ativamente das instâncias de debate da APP-Sindicato. Afinal, a educação não acontece somente dentro da sala de aula, mas, em cada espaço escolar.

Recordar é vivenciar! Retrospectiva e valorização:

2005 – Profissionalização dos(as) funcionários(as) com o Profuncionário

2008 – Aprovação do Plano de Carreira

2009 – Reconhecimento dos(as) funcionários(as) como profissionais da educação no mês de agosto

 

?Agosto e a agenda da APP que debate a essencialidade dos(as) funcionários(as) como educadores(as). Defendemos a educação e seus(suas) profissionais!

Dia 6 – 10º Encontro Nacional de Funcionários(as) da Educação da CNTE;

Dia 7 – Lançamento de vídeo comemorativo na Assembleia Estadual da APP;

Dia 10 – Ato em frente à Alep denunciando a falta de funcionários(as) nas escolas e a terceirização;

Dia 10 – Programa Funcionários(a) em Foco, às 17 horas;

Dia 17 – Debate nas escolas sobre a importância dos(as) funcionários(as) na educação;

Dia 24 – Programa Funcionários(a) em Foco aborda as regras de aposentadoria.

 

?? Fica o spoiler do vídeo para ninguém perder – uma roda de conversa com três funcionários(as) de escola que mostram a realidade diária. Casos e causos, o local do encontro é uma escola com roteiro leve e solto! Você não vai perder, certo?! Musicalidade e esperança somam-se aos temas debatidos.

 

MENU