Desconto previdenciário e paridade estão entre os temas centrais do planejamento do Coletivo de Aposentados(as) da APP APP-Sindicato

Desconto previdenciário e paridade estão entre os temas centrais do planejamento do Coletivo de Aposentados(as) da APP

O encontro aconteceu entre os dias 13 e 14 de março, na sede da APP-Sindicato

Foto: Louize Lazzarim / APP-Sindicato

Após dois dias de trabalhos, o Coletivo Estadual de Aposentados(as) da APP-Sindicato concluiu, nesta quinta-feira (14), o planejamento de 2024. Foram dois dias de debate  sobre os desafios do período, avaliações do último ano e a atuação dos(as) aposentados(as) na jornada de lutas do Sindicato.

No centro da campanha salarial, a isenção do desconto previdenciário até o teto do INSS e a criação de uma política de valorização dos(as) aposentados(as) sem paridade serão temas-chave para a luta dos(as) aposentados(as) ao longo do ano. 

Para a secretária de aposentados(as) da APP-Sindicato, Maria Adelaide Mazza Correia, a presença dos(as) aposentados(as) em todos os espaços é essencial. 

“Sou professora há 54 anos e aposentada há 27 anos, mas em todos esses anos eu nunca tive hora-atividade e só no meu último ano na ativa recebi o terço de férias. Estes direitos são resultado da nossa luta. Continuo na luta para que, além da garantia dos meus direitos, os(as) próximos professores(as) tenham melhores condições de trabalho”, complementa Maria Adelaide.

Outros pontos importantes para o período são a ampliação das oficinas de formação para o meio digital e uma maior frequência nos encontros e atividades dos coletivos estadual e regionais. Os(as) aposentados(as) também avaliam a possibilidade de realizar visitações às escolas para troca de experiências e falar da importância da luta sindical.

Programação

Na manhã do primeiro dia, quarta-feira (13), a presidenta da APP, Walkiria Mazeto,  apresentou o cenário atual, as negociações em andamento com o governo estadual, as complicações e desafios do ano eleitoral e a necessidade de amplo engajamento na campanha salarial.

Para finalizar o primeiro dia, o coletivo se dirigiu ao Museu Oscar Niemeyer (MON) para prestigiar as exposições culturais, em especial as que remetiam às mulheres, devido à celebração do Dia Internacional da Mulher, comemorado na última sexta-feira (08). 

O MON conta com visitação gratuita às quartas-feiras e foi uma ótima oportunidade de apresentar o maior museu da América Latina aos(às) aposentados(as) que vieram de outras regiões do estado.

MENU