CUT Paraná inaugura sua nova sede

CUT Paraná inaugura sua nova sede


null
Na noite da última quinta-feira (10) a Central Única dos Trabalhadores do Paraná inaugurou sua nova sede. O prédio foi totalmente reconstruído, uma vez que a estrutura anterior já contava com cerca de 60 anos desde construída e apresentava uma série de problemas. O novo espaço possuí 11 de salas trabalho, além de outras áreas de uso comum, biblioteca, duas  salas de reunião com uma infra-estrutura completa para organizar a luta dos trabalhadores no Estado.

“Para atestar para vocês, a CUT continua muito forte, vibrante e participativa, além do seu tempo, organizada nos 27 estados do País. Só nesse último mês fui em quatro estados inaugurando sedes novas da CUT, no Mato Grosso, Maranhão, Pernambuco e agora no Paraná. Não podemos esquecer do nosso projeto, para continuar trazendo ganho para trabalhadores, representando os trabalhadores e continuar com o projeto que mudou o Brasil”, afirmou o presidente Nacional da CUT, Vagner Freitas, um dos homenageados da noite. 

A presidenta da Central no Paraná, Regina Cruz, destacou a unidade. “ A CUT nestes 30 anos foi construída pelo campo e pela cidade e é essa parceria que fortalece a nossa unidade. Esta nova sede também é reflexo disso, das nossas lutas, da nossa organização, da nossa unidade e do nosso planejamento”, afirmou a presidenta da CUT-PR, Regina Cruz.

Mas a noite também foi de homenagens. Figuras históricas e que ajudaram a construir a Central no Paraná e também no Brasil participaram da solenidade e foram o destaque da noite. Luiz Perin, um dos pioneiros na luta do campo, recebeu uma placa pela sua história na organização dos trabalhadores. “Quero agradecer os dirigentes da central que passaram por ela nestes 30 anos de história. Esta homenagem é para todos os trabalhadores e trabalhadoras de todos os ramos da nossa Central Única dos Trabalhadores. Nós não podemos esquecer a história dos trabalhadores que mudaram este País e todos nós fizemos esta história”, afirmou Luiz Perin.

O diretor do Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil de Curitiba, David Pereira Vasconcellos, que participou do Conclat, congresso que fundou a CUT, também foi homenageado. “Esta homenagem não é minha, é nossa. Eu quero dedicar a direção do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil, o segundo sindicato a se filiar nesta Central. O Sindicato que abriu as portas e me deu a oportunidade de desenvolver trabalho na secretaria de formação da Central. Tenho orgulho desta nova sede, porque também ajudei a construir de uma forma ou de outra. Ninguém melhor do que eu sabe como lá nos anos 80  sofremos para fundar esta Central”, completou.

Outra participante do Conclat, a professora estadual Judith Lourdes Barbisan, também foi homenageada. Mas antes, ela entregou à presidenta da Central um presente. O crachá que utilizou no congresso de fundação da Central.  “Foram três dias de debate, de crescimento. Nós não estávamos hospedados. Estávamos alojados, porque nós dormíamos no chão.  Não tinha cadeira, tinha bancos para sentarmos. Aonde ficamos três dias em debates seríssimos, importantes para toda a classe trabalhadora. Na hora de comer era no chão, com o prato no colo”, recordou.

Para ver as fotos da inauguração, clique aqui.

MENU