COPEDH abre inscrições para ouvidor(a) da Defensoria Pública do Paraná APP-Sindicato

COPEDH abre inscrições para ouvidor(a) da Defensoria Pública do Paraná

Para participar, os(as) interessados(as) devem ter mais de 18 anos e não ter pendências na justiça

O Conselho Permanente de Direitos Humanos do Estado do Paraná (COPEDH-PR) divulgou o edital de convocação para a escolha da lista tríplice para concorrer ao cargo de ouvidor(a) da Defensoria Pública do Paraná. Os(as) interessados(as) podem realizar a inscrição até o dia 18 de agosto.

>> Receba notícias da APP no seu Whatsapp ou Telegram

A relação de candidatos habilitados(as) a disputar o cargo será publicada no próximo dia 28 de agosto, na página do COPEDH e a eleição ocorrerá de forma presencial no Palácio das Araucárias no dia 1 de setembro.

>> Confira o edital

De acordo com o edital, as inscrições podem ser efetuadas pelo e-mail [email protected] por pessoas que tenham mais de 18 anos, sejam brasileiros nato ou naturalizado, não ser integrante da carreira de Defensor Público, ainda que na inatividade, nem servidor da Defensoria Pública em exercício do cargo e não ser membro efetivo do COPEDH no atual mandato.

O documento aponta ainda que a Secretaria Executiva do COPEDH deve confirmar o recebimento da inscrição. Em caso da não confirmação, os(as) interessados devem entrar em contato pelo número: (41) 3210-2415, de segunda a sexta-feira das 08h às 17h.

Após a análise da habilitação, os(as) interessados(as) terão até o dia 24 de agosto para apresentar recurso referente à habilitação de candidato por escrito. O documento deverá ser enviado para o endereço endereço [email protected] sendo permitida a complementação de documentos, com a explicação fundamentando o pedido do recurso.

A secretária de Políticas Sociais e Direitos Humanos da APP e Conselheira Suplente do COPEDH, Jussara Ribeiro, aponta que o espaço é um instrumento fundamental para a participação da sociedade civil organizada. 

“Temos o compromisso de fiscalizar e acompanhar as políticas públicas de proteção dos direitos humanos, mas também de propor essas políticas. Enquanto APP-Sindicato levaremos em especial as demandas da Educação pública do Paraná na defesa de uma educação de qualidade que respeite a dignidade e a diversidade do ser humano”, completa a dirigente.Para mais informações, os(as) candidatos(as) podem acessar a página do COPEDH no link.

MENU