Conselho Nacional dos Direitos da Mulher entrega moção de Aplauso às Professoras e Professores

Conselho Nacional dos Direitos da Mulher entrega moção de Aplauso às Professoras e Professores

A decisão foi concedida de forma unânime pelo Conselho, que reforça a importância do papel dos(as) educadores(as) na educação

Na última terça-feira (15), o pleno do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher concedeu por unanimidade uma moção de Aplausos às professoras(es) brasileiros pelo Dia do Professor. O pedido de moção foi solicitado pela secretária executiva da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, Isis Tavares Neves, a qual integra o CNDM.

A secretaria da instituição também fez um breve relato sobre a conjuntura adversa que os professores vêm enfrentando: “Apesar de tudo, as professoras que são maioria nas escolas, e os professores, estão na ponta, na escola, continuam trabalhando e se formando, lutando e resistindo”, enfatizou.

Nas últimas reuniões, o Conselho vem discutindo a próxima Conferência de Políticas para Mulheres, que está prevista para novembro de 2020, informou Isis Tavares.

Acesse a moção de aplausos em PDF

MOÇÃO DE APLAUSO

O pleno do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher – CNDM, reunido no dia 15 de Outubro em Brasília, concedeu por unanimidade, uma Moção de Aplauso às professoras e professores brasileiros pelo Dia do Professor, 15 de Outubro.

Consideramos uma categoria de alta relevância social, fundamental para a formação das novas gerações de crianças e jovens para a construção de uma sociedade mais justa e fraterna, com igualdade de oportunidades para todos e todas.

O magistério é a maior categoria profissional do nosso país, eminentemente feminina, contando com mais de 90% de mulheres nas séries iniciais do ensino fundamental.

Profissionais que têm uma formação qualificada e passam rigorosos concursos de provas e títulos para o exercício da profissão nas instituições públicas.

Uma categoria que historicamente luta pela qualidade da educação socialmente referenciada e está diuturnamente trabalhando em escolas muitas vezes inadequadas, com problemas de toda ordem, mas a quem milhares de pais e mães trabalhadores/as confiam seus filhos e filhas.

Infelizmente vivemos uma conjuntura em que os professores e professoras não têm reconhecida sua liberdade de cátedra, à revelia da Constituição Federal, da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, do Estado Democrático de Direito e têm sofrido perseguições, prisões e ataques a ponto de serem considerados inimigos da educação por alguns parlamentares e governos.

Por tudo isso, o CNDM, ao conceder uma moção de aplauso, reafirma a importância e o reconhecimento e respeito à todas as professoras e todos os professores brasileiros.

 

Pleno do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher – CNDM

Brasília, 16 de Outubro de 2019.

Isso vai fechar em 5 segundos

MENU