Concurso público para professores(as) e pedagogos(as) divulga resultado da avaliação médica e prazo para recurso APP-Sindicato

Concurso público para professores(as) e pedagogos(as) divulga resultado da avaliação médica e prazo para recurso

Edital apresenta a relação dos(as) candidatos(as) aprovados(as) e reprovados(as) na última fase do certame destinado a contratação de profissionais para a rede estadual de educação

Está disponível no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) a relação dos(as) aprovados(as) e reprovados(as) na fase de avaliação médica do concurso público destinado a contratação de professores(as) e pedagogos(as) para atuar na rede pública estadual do Paraná.

>> Receba notícias da APP no seu Whatsapp ou Telegram

A lista foi divulgada na última sexta-feira (15). De acordo com o edital, o prazo para ingressar com recurso começou a contar às 10h desta segunda-feira (18) e termina às 17h de terça (19).

Para a interposição de eventual recurso, o(a) candidato(a) deverá imprimir e preencher o

Formulário de Solicitação de Recurso disponibilizado no site da concurseira, datar, assinar

e encaminhar o documento por e-mail para o endereço [email protected], dentro dos prazos e horários estabelecidos.

Confira, abaixo, os resultados e o formulário para recurso.

>> Edital nº 161 – Resultado Avaliação Médica 15/12/2023

>> Edital nº 161 – Resultado Avaliação Médica (Anexos I e II) 15/12/2023

>> Edital nº 161 – Anexo Formulário 15/12/2023

A avaliação médica é a última etapa do concurso, onde os(as) aprovados(as) e classificados(as) dentro do número de vagas ofertadas foram convocados(as) a apresentar exames de auxílio diagnóstico e clínicos especificados em edital. 

Antes de chegar nesta fase, os(as) concurseiros(as) realizaram provas objetiva, discursiva, prática e de títulos em um certame marcado por vários problemas e um número insuficiente de vagas.As vagas disponibilizadas no edital Edital n° 011/2023 – DRH/SEAP, publicado em abril deste ano, recompõem apenas 11% do total de efetivos que se desfez desde 2015. Para garantir a oferta educacional, o governo recorre a números crescentes de vínculos temporários (PSS).

Dados levantados pela APP-Sindicato revelam que a concorrência do certame registrou índices altíssimos, chegando a 466 candidatos(as) por vaga. Os(as) mais de 76 mil inscritos(as) concorreram a 1.256 vagas, sendo 1.109 para professores(as) e 147 para pedagogos(as). 

A APP tem acompanhado de forma atuante todo o processo e chegou a protocolar um documento pedindo uma série de alterações no edital. O requerimento incluiu o aumento do número de vagas e da remuneração. 

O sindicato ofereceu um cursinho gratuito no Youtube que somou mais de 120 mil visualizações e, no decorrer das etapas, também apresentou recursos contra erros nas provas e outras situações que prejudicaram os(as) candidatos(as).

De acordo com a Secretaria da Educação (Seed), os(as) aprovados(as) devem começar o trabalho já no início do próximo ano letivo. A pasta estima que o número de convocados(as) deve ser ampliado logo após a primeira convocação.

MENU