Com atraso, governo do Estado anuncia pagamento de 1/3 de férias


O Governo do Estado do Paraná está, mais uma vez, alardeando em suas páginas oficiais o pagamento do terço de férias aos(às) servidores(as) públicos estaduais. O governador Beto Richa (PSDB) anunciou nesta segunda-feira (11) que o valor será pago na folha de janeiro, junto com o reajuste da inflação (10,67).

De acordo com a legislação, todo(a) trabalhador(a) tem direito a receber o benefício no momento em que usufrui de suas férias. Entretanto, no Paraná, para algumas categorias, a exemplo dos(as) educadores(as), o valor tem sido pago sempre com atraso. “A nossa interpretação da lei é que o terço de férias deve ser pago antes que o trabalhador saia de férias, não depois. No Paraná, há muitos anos, o pagamento acontece no final das férias. Nosso maior confronto foi ano passado, quando o não pagamento do terço, deflagrou a nossa greve”, relembra a secretária de Finanças da APP-Sindicato, Marlei Fernandes de Carvalho.

As lutas da categoria de 2015 foram fundamentais para que o governador Beto Richa pagasse a data-base e também as férias em parcela única. Esses são  direitos dos(as) servidores(as) estaduais. Educadores(as), fiquem atentos(as) aos seus contracheques e se houver qualquer irregularidade, procurem o Núcleos Regionais de Educação (NREs) . Caso a dúvida persista, contatem o sindicato para mais orientações.

Leia também

:: No ano passado, pagamento do 1/3 de férias só aconteceu por conta da greve. Educadores(as) receberam o direito, apenas em março.