Caravana da Educação conclui roteiro em todas as cidades do Núcleo de Ponta Grossa

Caravana da Educação conclui roteiro em todas as cidades do Núcleo de Ponta Grossa

O caminho é longo e necessário para o debate, conscientização e mobilização da defesa da educação pública

Para encerrar as visitas da Caravana da Educação no Núcleo Sindical de Ponta Grossa, dirigentes da APP-Sindicato ouviram e dialogaram com educadores(as) de mais 15 escolas nesta sexta-feira (11). Foram muitos os debates e questionamentos que mostram os anseios neste período de ataques contra a educação estadual e nacional.

Ao todo, a caravana passou por 55 escolas para conversar olho no olho com a categoria, discutir temas pedagógicos, salariais e profissionais e inspirar a luta. Os grupos também entregaram a última edição do Jornal 30 de Agosto e panfletos convocando para o ato do Dia 16.

“A categoria está cheia de dúvidas, incertezas e desilusões, mas a união de todos(as) neste momento é imprescindível. Esclarecemos dúvidas e suscitar a esperança de que podemos ter nossos direitos respeitados e preservados”, conta Rosângela de Anhaia, secretária de Organização do Núcleo Sindical de Ponta Grossa. 

QuemTV/APP-Sindicato

A atividade integra a Jornada de Lutas 2022, que objetiva mobilizar a categoria pela defesa de direitos. A pauta extensa de desafios engloba a campanha salarial, valorização do serviço público, melhores condições de trabalho e cuidado com a saúde do(a) servidor(a), além do fortalecimento do Sindicato.

“Ouvimos os clamores, as angústias e críticas pela pressão e atuação do Governo do Paraná. Retirada de direitos, mudança na tabela de vencimentos, não pagamento de direitos (promoções, progressões, anuênios, quinquênios), falta de estrutura nas escolas, redução de trabalhadores, terceirização…”, pontua Celso Santos, secretário Geral do Sindicato,  mencionando as leis aprovadas na Assembleia Legislativa que prejudicam a carreira, a aposentadoria e tudo mais.

>> Receba notícias da APP no seu Whatsapp ou Telegram

Onde a Caravana passa, a luta fica! Com a oportunidade de dialogar e entender a importância da luta coletiva, muitos(as) educadores(as) preencheram a ficha de sindicalização. É o caso da merendeira Elza Ribas Machado, do Colégio Maria Loyola Guimarães, de Ortigueira, que se filiou a APP e passará agora a fortalecer a luta da categoria paranaense por valorização e uma educação de qualidade .

Contra todos os desmontes no serviço público e na educação, a chamada é para a mobilização do dia 16, Data-Base Já!. Quem não puder estar presencialmente em Curitiba, faça um vídeo, cartaz, chamamento na rede social e use a #DataBaseJá

QuemTV/APP-Sindicato

Vale lembrar que a Caravana da Educação visitará todas as regiões do Paraná, sendo um NS do interior e um de Curitiba ou Região metropolitana por mês. O calendário com o próximo destino será divulgado em breve.

Confira fotos das visitas desta sexta-feira!

> Carambeí

Colégio Carlos Ventura, em Carambeí

Colégio Julia Wanderley, em Carambeí

> Jaguariaíva

Colégio Olavo Bilac, em Jaguariaíva

 

Colégio Estadual Nilo Peçanha, em Jaguariaíva


Colégio Estadual Padre Anchieta

CEEBJA Prof Ignácio Alves Filho_Jaguariaíva

> Palmeira

Colégio Estadual Amadeu Mário Margraf, em Palmeira

 

Colégio Estadual São Judas Tadeu, em Palmeira

> Ortigueira

Escola Estadual Mario Loiola Guimarães, em Ortigueira

 

Escola Estadual do Campo Dr. Tancredo A. Neves, em Ortigueira

Leia também:

:: #CaravanadaEducação: APP visita mais 22 escolas na região de Ponta Grossa
:: Pé na estrada! Caravana da Educação percorre 18 escolas em sete cidades no 1º dia
::Caravana da Educação da APP percorrerá 16 cidades da região de Ponta Grossa

MENU