Câmara de Cascavel debate impacto da falta de Data-Base nas economias municipais

Câmara de Cascavel debate impacto da falta de Data-Base nas economias municipais

Dia 9 de dezembro, às 19 horas, tem encontro marcado. Participe!

? Divulgação

Na próxima quinta-feira (9), às 19h, a população de Cascavel está convidada a debater os impactos financeiros da política de congelamento de Data-Base nas economias locais. O debate ocorrerá na Câmara Municipal de Cascavel, em parceria com entidades sindicais.

Na oportunidade, será apresentado um estudo realizado pelo Instituto Brasileiro de Estudos Políticos e Sociais (IBEPS), sobre o impacto negativo da falta de reajuste para o comércio, a indústria e o desenvolvimento dos municípios. 

Trata-se de um debate fundamental em um período em que o governo Ratinho descumpre a Lei e propõe ridículos 3% de reajuste para o funcionalismo enquanto a inflação acumulada chega a quase 30%.

A vereadora professora Liliam Borges (PT), ressalta a importância do tema para que todos(as) entendam o que significa para as cidades o ataque a quem constrói diariamente a pujança desse Estado; os(as) servidores(as) penalizados(as) há quase seis anos sem a recomposição da inflação.

“O debate também vai dimensionar o que esta perda salarial para cada servidor impacta no conjunto da economia dos municípios. Em Cascavel, quase R$140 milhões deixam de circular no mercado em um momento de crise econômica. É dinheiro que deixa de circular nos mercadinhos e farmácias, por exemplo, pois os salários vão efetivamente para os bens de consumo imediato. Afinal, não operamos na bolsa”.

? Acompanhe ao vivo no Youtube da Câmara de Cascavel.

MENU