Assembleia Estadual aprova cobrança de taxa assistencial de não sindicalizados(as); oposição é possível em 30 dias

Assembleia Estadual aprova cobrança de taxa assistencial de não sindicalizados(as); oposição é possível em 30 dias


Em Assembleia Estadual realizada no dia 12 de agosto, a categoria aprovou a cobrança da chamada contribuição assistencial ou taxa negocial.

Trata-se da cobrança anual no valor de uma mensalidade dos(as) educadores(as) não  sindicalizados(as) para subsidiar o processo de negociação e as mobilizações da categoria. Os(as) educadores(as) que não quiserem contribuir com a luta terão 30 dias a contar desta Assembleia para manifestar oposição à cobrança junto ao Núcleo Sindical da sua região. A APP não fará a cobrança em duplicidade dos(as) sindicalizados(as).

MENU