APP-Sindicato orienta sobre registro de frequência dos(as) estudantes

Em nota, Direção Estadual faz recomendação para evitar fraudes no registro de presença

Sala de aula - Foto: AEN

A Direção Estadual da APP-Sindicato divulgou uma nota com orientação à categoria sobre o registro de frequência dos(as) estudantes no RCO, devido o modelo de ensino não presencial imposto pelo governo. “Não admitiremos qualquer mecanismo fraudulento de lançamento de presenças para todos(as) estudantes indiscriminadamente”, diz a nota. Confira a íntegra.

Orientação sobre RCO

Na exigência do registro de frequência dos(as) estudantes, não admitimos qualquer medida que prejudique o(as) estudantes.

Mesmo que precariamente tenham acessado o sistema Aula Paraná (online) e outros instrumentos, não admitiremos qualquer mecanismo fraudulento de lançamento de presenças para todos(as) estudantes indiscriminadamente.

Defendemos que, em se mantendo esse modelo, aos(às) estudantes que não realizarem as aulas que não seja lançado presença.

Orientamos que seja seguida a Instrução 22/17, item 10 b-d, sobre o preenchimento do RCO.

Atribuir falta justificada com o registro no campo Observações (individuais ou da turma) de que essas faltas são motivadas pelas não condições de acesso às aulas a distância e de que será garantida a retomada dos conteúdos e atividades no retorno das aulas presenciais.

E aí, na sequência, a retirada dessas faltas, sem prejuízo algum aos(às) estudantes.

Essa atitude evita a fraude e demonstra a nossa compreensão com as dificuldades dos(as) estudantes.

Direção Estadual da App Sindicato

Curitiba, 8 de maio de 2020.