APP-Sindicato orienta Professores(as) sobre recursos da Prova para PSS

APP-Sindicato orienta Professores(as) sobre recursos da Prova para PSS

Após diversas denúncias, o Sindicato cobra a revogação do edital 47/2020

Diante de diversos problemas na realização, correção e resultados provisórios da prova para o Processo Seletivo Simplificado (PSS) para Professores(as) e Professores(as) Pedagogos(as), o Departamento de PSS da APP-Sindicato elaborou uma orientação para os(as) profissionais que identificaram erros em seus resultados da prova objetiva e prova de títulos.

Segundo o departamento, aqueles(as) que constataram erros devem recorrer com um recurso às 10h do dia 28 de janeiro de 2021 às 18h do dia 29 de janeiro de 2021 no site eletrônico do CEBRASPE. O Sindicato reforça que o recurso é individual e deve ser feito na área do candidato, com o login e senha. Caso o profissional não concorde com a nota e o número de acertos, é necessário que seja relatado de forma objetiva no campo apropriado do site.

>>Acesse aqui o site do CEBRASPE<<

Caso após consultar o espelho de avaliação dos títulos e constatar irregularidade, por exemplo, a pontuação não condiz com o que foi apresentado na hora da inscrição (upload dos títulos), relate de forma consistente e objetiva, tendo como parâmetro a pontuação prevista no edital 47/20, no que diz respeito aos títulos e tempo de serviço. Maiores informações sobre o recurso, consulte o edital 10/2021 no item 2, onde estão localizadas as orientações a respeito do encaminhamento dos recursos. 

A APP-Sindicato enfatiza ainda que desde a publicação do edital 47/2020, têm feito denúncias a respeito do descaso do governador Ratinho Jr. e do Secretário da Educação, o Empresário Renato Feder, que além de realizar a prova durante a pandemia, promoveram o certame de forma desorganizada, prejudicando centenas de participantes. 

“A Seed é um departamento desorganizado, que desconhece a estrutura educacional do Paraná. Desde o início, quando soubemos do edital, estamos realizando o enfrentamento necessário. Após a prova, as irregularidades são gravíssimas e nós enquanto departamento de PSS e direção estadual fizemos plantões em frente a Seed e tomamos as medidas necessárias para denunciar estes problemas”, destaca o Coordenador do departamento de PSS, Professor Clau Lopes. 

O também coordenador do departamento, Professor Elio da Silva, aponta que entre os erros estão a falta do nome de profissionais na listagem, a falta de pontuação de tempo de serviço da própria Secretaria de Educação do Estado, eliminação sumárias com a acusação de “cola”, sem que a situação fosse registrada em ata e outros. “É necessário que o governo revogue este edital pois muitas pessoas estão sendo prejudicadas. A greve agendada para o dia 18 de fevereiro cobra essa pauta também. O governo precisa contratar esses profissionais de outra forma, sem que os(as) profissionais sejam prejudicados(as). Nossa greve além de ser pela vida, é também pela garantia dos empregos”, ressalta Elio da Silva.

O Departamento de PSS informa ainda que continuará em vigília e recebendo denúncias sobre as irregularidades da prova. Confira abaixo a nota sobre o tema:

ORIENTAÇÕES PROFESSORES(AS) PSS – RECURSO SOBRE OS RESULTADOS PROVISÓRIOS

Companheiras e companheiros;

Professores(as) que identificaram erros na pontuação mediante a publicação do resultado provisório referente à prova objetiva e prova de títulos do edital 47/2020 – GS/SEED, devem interpor recurso das 10h do dia 28 de janeiro de 2021 às 18h do dia 29 de janeiro de 2021 (horário oficial de Brasília/DF), especificamente no endereço eletrônico: https://www.cebraspe.org.br/concursos/seed_pr_20_professor por meio do Sistema Eletrônico de Interposição de Recurso. Lembrando que o recurso é individual, (área do candidato com login e senha). Em relação à prova objetiva consulte o Espelho do Cartão-Resposta e o gabarito oficial. Caso esteja em desacordo quanto ao resultado, por exemplo, a nota não condiz com o número de acertos, relate de forma objetiva no campo apropriado.

Caso após consultar o espelho de avaliação dos títulos e constatar irregularidade, por exemplo, a pontuação não condiz com o que foi apresentado na hora da inscrição (upload dos títulos), relate de forma consistente e objetiva, tendo como parâmetro a pontuação prevista no edital 47/20, no que diz respeito aos títulos e tempo de serviço. Maiores informações sobre o recurso, consulte o edital 10/2021 no item 2, encontram-se as orientações a respeito do encaminhamento dos recursos diretamente pela página do Cebraspe.

Ressaltamos que desde a publicação do edital 47/20, a APP tem denunciado os descasos do Governador Ratinho Jr. PSD e do Secretário Renato Feder sobre a prova em plena pandemia. Após a prova a APP tem exigido respostas para as inúmeras irregularidades relatadas. No entanto, a Seed não responde os questionamentos e não resolve as pendências. Centenas de Professore(as) já foram prejudicados(as) em todas as etapas do processo. Assim, não podemos aceitar esse descaso e pedimos a revogação do edital 47/20 e a contração imediata de Professores(as) PSS de acordo com as demandas do ano letivo de 2021. A nossa luta é coletiva.

APP defende você. Defenda a APP!

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE PSS DA APP-SINDICATO – PROFESSORES(AS) E FUNCIONÁRIOS(AS)

MENU