APP-Sindicato e demais filiadas à CUT Paraná assinam nota que reforça importância do isolamento

Documento é endereçado ao governador e prefeitos do Paraná e também pede EPI's para profissionais de saúde

Novo coronavírus - Foto: Divulgação

Aproximadamente 350 entidades assinam uma nota pública direcionada ao governador do Paraná, Ratinho Júnior, e aos prefeitos dos 399 municípios do estado. No documento, as organizações reforçam a importância da manutenção do isolamento social como forma mais eficaz de conter o avanço da Covid-19.

O texto ainda cobra dos gestores públicos o fornecimento de equipamentos de proteção individual para trabalhadores(as) da saúde, considerado um dos gargalos para o combate à doença no estado.

A nota destaca que a contenção da curva epidemiológica tem como um dos objetivos preparar o sistema de saúde e evitar que o acúmulo de casos possa causar um colapso no sistema, a exemplo do que aconteceu na Itália e hoje acontece nos Estados Unidos da América.

“É necessário respeitar todas as recomendações técnicas pelos próximos meses para analisar o crescimento da curva no Brasil e o impacto de medidas já adotadas. Para isso, é imperativo intensificar as estratégias de isolamento para conter o aumento da pandemia, assim como garantir tempo para organização e redimensionamento do nosso sistema de saúde”, diz trecho da nota.

Além de cobrar a chegada de EPI’s e equipamentos médicos para o tratamento de doentes, o documento ainda aponta a necessidade de avaliar de forma rigorosa a forma de funcionamento dos chamados serviços essenciais.

“No Paraná, por exemplo, a grande maioria dos municípios ainda aguarda a chegada de equipamentos de proteção individual, como máscaras, luvas e aventais, além de aparelhos hospitalares, como respiradores mecânicos.(…) Mesmo os serviços reconhecidos legalmente como essenciais, e que precisam seguir em atividade, devem atender meticulosamente todas as orientações de prevenção e proteção”, enfatizam as entidades.

O documento é assinado por entidades da sociedade civil organizada e incluí organizações sindicais, da área da educação, ensino superior e de setores vulneráveis da sociedade. Todas as entidades da base CUTista no Estado assinam o documento. Com informações da CUT Paraná.

Confira a íntegra da nota clicando aqui.

Leia também