APP faz trabalho de base em 120 escolas em semana de intensa mobilização

APP faz trabalho de base em 120 escolas em semana de intensa mobilização

Durante as visitas, os(as) dirigentes da APP reforçaram a chamada para a Assembleia Estadual e a necessidade da luta pela Data-base

APP nas escolas por Data-base já!

Pé na estrada! De segunda (23) a sexta (27), foram muitos quilômetros percorridos por dirigentes regionais e estaduais da APP  para mobilizar e dialogar com educadores(as) da base em 120 escolas de diversas regiões do Paraná.

Além da escuta e do debate sobre os principais problemas enfrentados nas escolas, os(as) representantes da APP enfatizaram a necessidade de intensificar a luta pela data-base e direitos.

Questões salariais, temas pedagógicos e ataques a direitos da categoria nortearam as conversas. A chamada também é para a participação dos(as) educadores(as) na Assembleia Estadual da APP, que acontece hoje, dia 27 de maio.

A Assembleia terá foco na Data-Base, definindo os próximos passos da luta com indicativo de paralisação no dia 21 de junho aprovado pelo Conselho da APP. Mobilizar é preciso e crucial para avançar nas pautas da categoria.

É importante lembrar que o governo tem até 1º de julho para sancionar uma proposta que minimize as perdas salariais do funcionalismo, que ultrapassam os 35%. Por isso, é fundamental a ampla participação dos(as) trabalhadores(as) da educação nas mobilizações convocadas pela APP.

Tem sindicalização pela importãncia da luta conjunta! O diálogo reforça, faz e acontece! Aproximar e esperançar!

>> Quer receber notícias da APP por whatsapp ou telegram? Clique aqui!

Confira o álbum das fotos das visitas dos(as) dirigentes estaduais e dos núcleos sindicais – Cascavel, Curitiba, Foz do Iguaçu, Londrina e Maringá.


:: Leia mais:

:: Conselho da APP aprova indicativo de calendário de lutas e paralisação no dia 21 de junho
:: APP nas escolas: diálogo e reforço para as mobilizações em defesa da educação pública
:: Por data-base e direitos: APP entrega carta a deputados(as) governistas e da oposição
:: Estado gasta quase R$ 6 milhões em nova prova PSS e desrespeita professores(as) com teste de didática

MENU