Solange Bueno (PMN) assina "Carta-Compromisso com a Educação" nesta terça-feira (6) APP-Sindicato

Solange Bueno (PMN) assina “Carta-Compromisso com a Educação” nesta terça-feira (6)

Além da assinatura da carta, a candidata apresentou suas propostas para a educação pública

>> Clique aqui para receber notícias da APP no seu Whatsapp ou Telegram

Nesta sexta-feira (6), a candidata ao governo do Paraná Solange Bueno (PMN) assinou a Carta-compromisso com a Educação, na sede em Curitiba. A agenda foi a segunda da rodada de entrega da Carta-compromisso aos(às) postulantes ao Palácio Iguaçu nas eleições 2022.

O documento traz propostas da categoria para os próximos quatro anos, com foco na valorização profissional e na construção de uma educação pública humanizadora. Candidatos(as) que assinam o documento se comprometem com a defesa das pautas apresentadas na carta.

>> Clique aqui e confira a carta na íntegra <<

Além da entrega e assinatura da “Carta-Compromisso com a Educação”, foram debatidas ideias e propostas para a legislatura da candidata caso seja eleita.

Entre as propostas, Solange Bueno afirma que pretende construir uma educação pública junto aos(às) educadores(as), abrindo vagas para concurso público e a contratação de psicólogos para atuarem no apoio aos(às) profissionais da rede.

“A minha intenção é trazer o professor que está na sala de aula, o educador que está junto dos alunos no dia a dia para trabalhar no nosso governo, pois não vou inventar a roda e precisamos de um educador na Secretaria da Educação”, explica a candidata.

Estiveram presentes no encontro a presidenta da APP-Sindicato, Walkiria Olegário Mazeto, a secretária executiva Educacional, Nádia Brixner e a secretária de Promoção de Igualdade Racial e Combate ao Racismo, Celina Wotcoski.

Solange Bueno

Natural de Maringá, Solange Bueno é professora de piano e se filiou ao PMN em março deste ano. A candidata nunca disputou uma eleição anteriormente.

>>Confira a proposta de governo da Candidata aqui<<

Carta-Compromisso Com a Educação

A base do documento foi construída no processo da 8ª Conferência Estadual de Educação da APP, de forma democrática e participativa, envolvendo centenas de educadores(as) de todas as regiões do estado, com propostas para a educação e a escola pública.

Candidatos(as) que aderirem à carta estarão assumindo o compromisso de, caso eleitos(as), governarem com um olhar especial para as demandas da categoria e por uma educação pública universal, inclusiva, humanizada, laica e de qualidade socialmente referenciada.

Seguindo a agenda, na quinta-feira será a vez de Ricardo Gomyde (PDT). Até o dia 5 de setembro, a carta também será entregue a Adriano Teixeira (PCO), Professor Ivan (PSTU), Roberto Requião (PT), Vivi Motta (PCB).


Leia mais:

:: Candidata ao governo do estado, Professora Angela assina Carta-Compromisso com a educação pública
:: Eleições 2022: APP começa hoje (23) entrega de Carta-Compromisso aos(às) candidatos(as)
:: Em Assembleia, educadores(as) aprovam moção de apoio às candidaturas de Requião e Lula
:: Enlutada, Assembleia Estadual aprova transferência da pauta para a próxima semana

MENU