APP e FES debatem data-base com líder do governo na Assembleia, deputado Hussein Bakri APP-Sindicato

APP e FES debatem data-base com líder do governo na Assembleia, deputado Hussein Bakri

O Sindicato também trouxe à mesa a necessidade de retomar, na casa, o debate sobre a carreira dos QFEB

Fotos: Bruna Durigan/APP-Sindicato

:: Receba notícias da APP no seu Whatsapp ou Telegram

Na manhã desta terça-feira (2), dirigentes da APP e demais sindicatos que compõem o Fórum de Entidades Sindicais (FES), apresentaram ao líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Hussein Bakri (PSD), os pleitos dos(as) servidores(as) relativos à data-base; a recomposição salarial da inflação anual.


Os(as) representantes dos(as) trabalhadores(as) defenderam o pagamento da data-base deste ano, cujo índice deve ficar próximo de 4%, já no mês de maio. A data-base é a única política de recomposição que beneficia a todo o funcionalismo estadual, independente do vínculo, incluindo aposentados(as).

Outra demanda colocada à mesa é a necessidade de zerar a dívida acumulada da data-base, que chega a 34% neste ano. “O deputado concorda que as pautas são justas, uma vez que o não pagamento acarreta uma defasagem que o Estado precisará pagar cedo ou tarde”, explica Walkiria Mazeto, presidenta da APP.

“Apresentamos também o pleito de uma reunião específica para tratar da carreira dos QFEB, que ficou pendente no último ano, e demais temas da campanha salarial e da jornada de lutas 2024, como a questão do desconto previdenciário e dos aposentados sem paridade”, continua Walkiria.


O deputado assumiu o compromisso de buscar uma reunião entre as lideranças sindicais e a Casa Civil, além de mediar junto ao governador uma agenda para discutir o zeramento da dívida.

No dia 13 de abril, a APP-Sindicato convoca Assembleia Estadual da categoria para debater os próximos passos da campanha salarial, a mobilização do dia 29 de abril e outros temas da pauta.

MENU