Aposentados(as) sofrem com redução dos vencimentos

APP-Sindicato inicia campanha contra o confisco de salário de aposentados(as). Objetivo é pressionar para que deputados(as) retirem a proposta do aumento da alíquota da contribuição previdenciária

A partir desta quinta-feira (21), a APP-Sindicato inicia uma campanha para pressionar que deputados(as) da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) alterem a alíquota de contribuição de servidores(as) aposentados(as) da educação. A iniciativa pretende encaminhar cartas aos(às) deputados(as) para cobrar que o Artº 3 do PL 236/2020 que tramita na Alep seja aprovado.

O aumento da alíquota foi mais uma das maldades de Ratinho Junior (PSD), que encaminhou um projeto de reforma da previdência no ano passado para a Alep. Segundo o projeto aprovado, ficou estabelecido o aumento na contribuição de 11% para 14% sobre aposentadorias que passem de três salários mínimos.

A secretária de Aposentados(as), Valci Matos conta que a carta é uma forma de pedir que os(as) deputados(as) desfaçam esse ataque aos(às) aposentados(as). “Há quatro anos nossa categoria está sem reajustes, uma defasagem que atinge justamente quem menos ganha dentro do quadro de funcionários do governo. Com o aumento da alíquota para 14% para quem recebe três salários mínimos atinge todos(as) os(as) aposentados, reduzindo o salário que é utilizado para a compra de remédios, alimentação e moradia”, destaca Valci.

Confira abaixo como ficou o desconto em folha do mês de Março/abril:

Desconto da contribuição previdenciária do mês de maio/2020
Desconto da Alíquota de 14% da previdência na folha de Abril/2020

 

 

 

 

 

 

 

Valci ressalta ainda que esta seja uma chance dos(as) deputados(as) desfaçam esse confisco de rendimentos dos(as) aposentados(as). “Os deputados(as) tem uma oportunidade de corrigir essa injustiça que fizeram com os(as) aposentados(as). Somos uma classe que contribuiu com a previdência durante toda nossa vida e esse desconto afeta financeiramente aqueles que já não podem assumir uma nova atividade”.

Aposentados(as) sofrem com confisco

A professora aposentada Maria Adelaide Correia, é uma das milhares de aposentadas que hoje sofrem com o aumento da alíquota previdenciária. Ela conta que desde o final de 2019, tenta ajustar as contas para que possa adequar sua aposentadoria a essa nova realidade. “Esse valor que agora foi “confiscado” pelo governo dificultou a compra de medicamentos e sobretudo a compra da palmilha ortopédica que é caríssima. Isso sem contar a redução de acesso a livros e demais atividades de entretenimento”, lamenta a Professora.

Maria Adelaide aponta ainda que espera que os(as) deputados(as) ouçam os(as) aposentados(as) e votem para revogar o confisco da aposentadoria. “Espero que haja sensibilidade da parte dos(as) deputados(as). Que tenham o entendimento que não são os servidores públicos que devem pagar pela má gestão dos governos desastrosos”.

Cobre os deputados(as)

Agora é importante a união dos(as) servidores(as) da educação para pressionar os(as) deputados para que o Art 3º seja revogado. A secretaria de aposentados disponibilizou um modelo de carta, que poderá ser enviado por e-mail ou redes sociais dos(as) legisladores(as). 

Confira o modelo:

Prezado Deputado

Prezada Deputada

Sou a Professora………………………., do município de………………………………………………………

Estou há 4 anos sem reposição da inflação. Não temos promoções e progressões. Nossos salários são baixos. Descontos de R$ 100,00, R$ 200,00 e até R$ 500,00 reais a mais estão fazendo muita diferença no nosso salário;  principalmente, para os remédios.

Votem na Emenda que exclui o Art 3º do PL 236/2020 que tramita na Alep. Assim voltarei a contribuir acima do teto do INSS (R$ 6101,60). Assim será mais justo.

Conto com o seu apoio. Conversem com o governador. Expliquem o quanto o nosso salário diminuiu esse momento.

Atenciosamente.

COLETIVO ESTADUAL DE APOSENTADAS E APOSENTADOS DA APP- SINDICATO.

Curitiba, …….. de maio de 2020.

Acesse aqui a lista dos(as) deputados(as) aqui e faça sua parte!