Alerta contra o calote

Alerta contra o calote


A partir de segunda-feira (21), a ordem é intensificar a mobilização para o nível máximo! O Governo reenviou para a Assembleia Legislativa a mensagem 43/2016 suspendendo o pagamento da data-base.


Se o calote for aprovado, as maiores vítimas do Governo Beto Richa serão os servidores aposentados e pensionistas porque tem na data-base o único reajuste de salário. O Estado do Paraná tem hoje 87.292 aposentados e 26.470 pensionistas, totalizando 113.762 pessoas.

No entanto, o logro atinge também a todos os 186.807 servidores da ativa entre estatutários e celetistas (que não têm promoção e progressão). Ao todo, serão mais de 300 mil pessoas prejudicadas pela falta de seriedade do Governo Richa.

Fim de papo -> bastou o FES divulgar ontem (16) o estudo econômico demonstrando, na ponta do lápis, que o Governo do Paraná tem, sim, condições de saldar tanto o compromisso da data-base quanto das promoções e progressões para cair a máscara do “governo do diálogo”.

A Casa Civil chamou uma reunião às pressas para anunciar que reenviaria a mensagem 43/2016 suspendendo (Art. 33 e 34) o pagamento da data-base previsto na Lei 18.493/ 2015 em janeiro e maio de 2017.

Reação -> os dirigentes do FES passaram a manhã de hoje (17) na Assembleia Legislativa conversando com diversos deputados, lideranças partidárias, incluindo o Presidente da ALEP, Ademar Traiano, e o Líder do Governo Luiz Cláudio Romanelli. Os deputados receberam o estudo do FES demonstrando que a reposição da inflação dos servidores não vai “quebrar o Estado”.

Proposta do FES -> o Fórum de Servidores vai apresentar sua proposta detalhando o pagamento das dívidas do governo com os servidores e da data-base em forma de emenda, com as seguintes premissas:

1) pagamento da data-base escalonada a partir de janeiro de 2017, zerando a inflação de 2016, até dezembro de 2017;

2) pagamento escalonado das promoções e progressões, sendo:

* janeiro de 2017, implanta-se as promoções e progressões de 2015;

* em junho de 2016, implanta-se as progressões e promoções de 2016;

* os atrasados de promoções e progressões, parcela-se ao longo dos exercícios de 2017 e 2018.

Mobilização – > Seguindo orientação do FES, a APP-Sindicato convoca toda a categoria de aposentados(as), pensionistas e da ativa, que serão vítimas do calote do Governo Beto Richa (PSBD), a participar de uma grande concentração dos(as) servidores(as) públicos(as), no Centro Cívico, em Curitiba(PR), a partir das 10 horas de segunda-feira (21) até quinta (24), quando está previsto o término do processo de votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

 

Fonte: Fórum das Entidades Sindicais (FES) / Com informações da APP-Sindicato