Abaixo-assinado de diretores(as) e auxiliares contra redução no porte escolar já reúne mais de 200 assinaturas APP-Sindicato

Abaixo-assinado de diretores(as) e auxiliares contra redução no porte escolar já reúne mais de 200 assinaturas

Ao todo, já são 190 escolas representadas em todos os Núcleos Regionais de Educação.

:: Receba notícias da APP no seu Whatsapp ou Telegram

Circula desde segunda-feira (19), nas redes sociais, um abaixo-assinado elaborado por diretores(as) e diretores(as) auxiliares da rede estadual. O texto apela ao secretário Roni Miranda para não reduzir a demanda de profissionais nas escolas, prejudicadas por mudanças no porte.

:: Acesse o abaixo-assinado

De acordo com os(as) organizadores(as), em menos de 24 horas mais de 200 diretores(as) e auxiliares já assinaram o manifesto, que deve ser entregue ao secretário durante o seminário de diretores(as) realizado em Foz do Iguaçu. Ao todo, já são 190 escolas representadas em todos os Núcleos Regionais de Educação.

A rede estadual do Paraná passa por mais um início de ano letivo tumultuado. Após uma distribuição de aulas repleta de problemas, mudanças em andamento no porte escolar causam dor de cabeça e confusão na categoria, dificultando a organização da rotina e do funcionamento dos estabelecimentos de ensino.

 

Leia também: Em ajustes, novo porte de escolas gera transtornos e requer mobilização de diretores(as)

 

Por este motivo, a APP ressalta a importância da manifestação das direções escolares junto aos Núcleos Regionais e à Seed, relatando os problemas ocasionados e as carências em cada setor da escola.

Confira a íntegra do texto do abaixo-assinado

Nós, diretores/as e diretores/as auxiliares apresentamos ao secretário da Educação, Roni Miranda, e demais autoridades, nossa contrariedade às novas mudanças no porte de escolas.

Entendemos que o quadro anterior já era demasiadamente defasado, com graves carências no número de funcionários/as do administrativo e de apoio, com profissionais que já estavam no limite da sobrecarga e do acúmulo de trabalho. O novo porte agrava tal situação e coloca em risco o bom funcionamento das nossas escolas.

Já o quantitativo de pedagogos/as está estrangulado em razão da implantação de diversas novas metodologias nos últimos anos, deixando a equipe pedagógica sem condições de atender às necessidades da comunidade escolar. 

Por fim, diminuir a demanda de diretores/as auxiliares causa uma indignação sem precedentes. Estamos colocados/as à própria sorte com o acúmulo de trabalho burocrático, a imposição de metas e um sem número de demandas.

Nesse sentido, nossa solicitação é de NÃO DIMINUIÇÃO DO PORTE DAS ESCOLAS.

Cientes de que seremos ouvidos e de que compartilhamos da preocupação com o bom atendimento aos(às) estudantes e com o desempenho da rede estadual de educação, assinam esse documento:

MENU