A sociedade precisa dos serviços públicos e dos servidores

Servidores públicos são altamente qualificados e imbuídos de um dever cívico

Foto: Divulgação

O Brasil está passando por uma de suas maiores crise, causada pela pandemia do Coronavírus. Mais do que nunca, uma verdade está se consolidando na sociedade: a população precisa dos serviços públicos e do trabalho dos servidores.

Enquanto a maioria da população está cumprindo com o necessário isolamento social, os servidores públicos das mais diferentes carreiras continuam trabalhando para dar o amparo que a sociedade necessita.

São eles que estão nos hospitais e nas unidades públicas de Saúde, na linha de frente, se arriscando para salvar a vida da população, ou cuidando para que medidas sanitárias ajudem a conter a doença. Também são eles que estão nas ruas e nas unidades prisionais, cuidando da segurança pública.

São eles que trabalham para que a população tenha acesso à Justiça, dignidade e direitos básicos.

A verdade é que o valor dos servidores pode se sentido no dia a dia, mesmo que as pessoas não percebam. Afinal…

Mais de 85% dos alunos no ensino fundamental e médio estão nas escolas públicas.

90% da ciência brasileira é produzida nas universidades públicas, e 42 das 50 melhores instituições de ensino superior do país são públicas, segundo os rankings mais renomados.

Mais de 80% da população precisa diretamente do Sistema Único de Saúde (SUS) e, mesmo entre as pessoas que possuem planos particulares, é na Saúde pública que milhões de brasileiros encontram atendimentos de alta complexidade.

Em um país ainda marcado por profundas desigualdades, a abrangência dos serviços públicos vão além, e garante que o Estado possa desenvolver a proteção ao meio ambiente, geração de emprego e renda, infraestrutura, assistência social, cultura, urbanismo, gestão ambiental, abastecimento, desenvolvimento agrário, habitação, previdência social, saneamento, transporte e inúmeras outras ações.

Valorização

Servidores públicos são altamente qualificados e imbuídos de um dever cívico. Por isso, mantêm seu comprometimento com a sociedade, mesmo diante da crescente desvalorização, de condições de trabalho cada vez piores, e até das mentiras espalhadas por setores que desejam que apenas os mais ricos tenham acesso a direitos e dignidade. Afinal, por que alguns setores da sociedade iriam querem o fim de algo que beneficia toda a população?

É por isso que esses mesmos setores insistem em misturar os servidores de carreira (aprovados em difíceis e concorridos concursos públicos) com os apadrinhados políticos, que assumem cargos por indicação.

São setores que defendem a ideia de um Estado mínimo, quando na verdade desejam que a população tenha o mínimo de direitos.

Para todos

Mesmo que muitos não percebam, os serviços públicos são benéficos para toda a sociedade, mesmo para aqueles que não usem diretamente determinados tipos de atendimento.

Afinal, uma educação abrangente e de qualidade em todos os níveis gera benefícios em toda a estrutura social de um país. Com mais oportunidades às pessoas, ajuda a reduzir a violência e proporciona desenvolvimento econômico e social.

A melhoria na Saúde pública tem impactos positivos na indústria, no comércio e no setor de bens e serviços.

Um Judiciário mais estruturado garantiria mais rapidez nos processos.

A segurança pública mais bem equipada e dota da inteligência na gestão garante mais prevenção e proteção à toda a sociedade.

Tudo isso prova que termos serviços público estruturado e de qualidade, com um corpo de servidores qualificados e valorizados é bom para toda a população.

Por mais motivadores sejam os aplausos nas janelas de todo o país, é essencial lembrar que a coragem dos servidores e a qualidade dos serviços públicos mantêm o Brasil firme para superar qualquer catástrofe.

São eles os responsáveis por evitar uma crise humanitária sem precedentes.

O Brasil precisa dos serviços públicos e dos servidores.

Saiba mais: https://epublico.com.br/