A nossa luta tem conquistas: Seed prorroga editais PSS

A nossa luta tem conquistas: Seed prorroga editais PSS

Professores(as) e pedagogos(as) terão garantia de mais um ano nas escolas. Confira quais editais foram prorrogados.

O compromisso da direção estadual da APP com a valorização da carreira dos(as) educadores(as) resultou em mais uma pauta atendida.

A  Secretaria de Estado da Educação (Seed) publicou oficialmente a  prorrogação dos(as) contratos PSS dos(as) professores(as) para mais um ano, conforme pedido do Sindicato.

>> Receba notícias da APP no seu Whatsapp ou Telegram

Os  editais 47/2020, 51/2021 e todos os demais editais vigentes do Processo Seletivo Simplificado (PSS) ficam válidos até a data de 31 de dezembro de 2022. Confira aqui a relação dos contratos prorrogados.

“Esta prorrogação foi fruto de muita reivindicação da APP-Sindicato. Dentro da legalidade, a APP defende a prorrogação dos contratos, bem como o pagamento do salário integral para o segmento também no mês de janeiro”, reforça o secretário de Finanças da APP-Sindicato, professor PSS Elio da Silva.

Para a APP, a continuidade nos contratos  possibilita uma melhor organização escolar, já que ameniza o quadro de falta de professores(as) nas escolas.

“Há um prejuízo pedagógico quando iniciamos o ano letivo sem professores ou pedagogos. Foi com muita luta e também com a  preocupação da APP com a organização escolar, mas também com a garantia de direitos dos profissionais PSS”, salienta o professor Elio

Com a divulgação da prorrogação, a direção estadual informa que fará plantões para o atendimento durante a distribuição de aulas.

“As mediações que a APP fez junto à Seed renderam uma ótima conquista,  agora nós estaremos atentos e atentas se haverá alguma irregularidade na distribuição de aulas. Precisamos garantir e fiscalizar que nenhum direito seja desrespeitado. Qualquer nova informação, estaremos aqui para atender a nossa categoria”, garante o secretário executivo da Mulher Trabalhadora e dos Direitos LGBTI+

Em todo Paraná, pelo menos 33 mil vagas na educação são ocupadas por educadores(as) contratados de forma temporária, pelo regime PSS. “Em 2022 precisamos dos PSS para lutar, unidos, para em conjunto pela valorização profissional e também pelo concurso público”, convida o professor Elio.

APP defende você. Defenda a APP!

Ainda não é sindicalizado(a): acesse o Portal Minha Sindicalização, preencha os dados e venha fazer parte do maior sindicato paranaense em defesa da sua carreira e de uma escola pública de qualidade para todos(as)!

Isso vai fechar em 5 segundos

MENU