ALTERAÇÃO NO ATENDIMENTO DO SAS APP-Sindicato

ALTERAÇÃO NO ATENDIMENTO DO SAS


null

Esteve reunido nesta 3ª feira, 10/04, na sede da APP- Sindicato, em Campo Mourão, o Fórum Municipal dos Servidores estaduais para deliberarem a respeito do Processo de Licitação do SAS (Serviço de Assistência à Saúde).

Os Servidores tinham conhecimento pela imprensa que a Santa Casa de Campo Mourão havia participado e vencido o processo licitatório e aguardavam o início do atendimento.

Depois os servidores foram novamente tomados de surpresa com a matéria veiculada na imprensa local, em que o presidente anunciou o descredenciamento da Santa Casa. O motivo, segundo a direção do hospital, foi à grosseria dos pacientes que exigiam ser atendidos imediatamente e o valor baixo pago pelo SAS de R$ 17,00, por pessoa. Esse valor foi o próprio hospital que apresentou no processo de licitação.

Os servidores vinham tendo atendimento apenas de urgência e emergência na Central Hospitalar desde o dia 06 de fevereiro, quando encerrou o contrato. Ao ser anunciado o novo atendimento pela Santa Casa, as pessoas começaram a buscar o novo atendimento, os quais se depararam com a falta de orientação e de atendimento adequado.

O Fórum dos servidores repudiou as justificativas apresentadas, já que o próprio admitiu em entrevista que: “os médicos e funcionários estavam se recusando a atender essas pessoas e por isso, tomou a atitude”. Isto só vem demonstrar o despreparo do presidente frente à administração daquela instituição, já que participou da licitação, venceu porque ofereceu o atendimento ao funcionalismo público pelo menor preço, mas só manifestou desinteresse após iniciar o atendimento em 1/04.

O SAS de Curitiba informou que o Presidente da Santa Casa encaminhou em 10/04, o documento comunicando que não tinha mais interesse em prestar o serviço. De posse do documento é que se dará o inicio a um novo processo de licitação.

 A pedido do Dr. Macedo do SAS de Curitiba, o atendimento de urgência e emergência aos usuários do SAS retorna para a Central Hospitalar de Campo Mourão.

Lamentamos o ocorrido já que havia uma boa expectativa, pelos usuários do SAS, pelo novo atendimento na Santa Casa, mas numa atitude unilateral do presidente o atendimento foi suspenso no dia 06/04, sem mesmo comunicar os usuários.

O Fórum dos servidores buscará ter acesso ao edital de licitação para acompanhar o novo processo e se reunir com hospital a ser credenciado para debater melhorias no atendimento aos servidores.

O Fórum repudia a forma como os servidores foram taxados na imprensa de “grosseiros e barraqueiros” e espera retratação pública.

Respeito ao funcionalismo público é o mínimo que se espera!

APP-SINDICATO, UNESPAR-FECILCAM, SINDISAÚDE, SINDISEAB.

 

MENU