APP e Seed debatem o Plano de Carreira dos Funcionários

APP e Seed debatem o Plano de Carreira dos Funcionários


null

Desde a Assembleia Estadual do último dia 18 de setembro, a direção estadual da APP-Sindicato vem acompanhando os últimos ajustes na tramitação da minuta do projeto de alteração do Plano de Carreira dos Funcionários da Educação – QFEB entre os vários setores do governo. De acordo com as negociações do dia 30 de agosto, a mensagem do governador com o projeto deveria ser encaminhada à Assembleia Legislativa (Alep) até o dia 30 de setembro.

Porém ainda existem itens que precisam ser debatidos e concluídos em reunião entre a Secretaria de Estado da Educação e a APP-Sindicato. Inclusive alguns questionamentos oriundos da Procuradoria Geral do Estado (PGE) relativos ao reenquadramento itens estes que a APP já está analisando.

A reunião de negociação – que por motivos particulares do secretário Flávio Arns não ocorreu nesta semana – está marcada para a próxima terça-feira, dia 2. Na data, a direção da APP dará continuidade ao debate do plano de carreira e espera concluí-lo para encaminhamento e tramitação urgentes na Alep.

Além deste ponto de pauta, serão tratados também os ajustes de critérios para a realização do concurso público, o pagamento retroativo da diferença do Piso, o cargo de 40 horas e, sobretudo, o cômputo das faltas da mobilização do dia 18 de setembro.

A presidenta da APP, professora Marlei Fernandes de Carvalho, reafirma que o calendário de mobilizações permanece, conforme deliberado na última assembleia e destaca que a organização da categoria foi determinante para garantir o pagamento de todas as promoções e progressões em atraso na folha de setembro, com todos os retroativos. “O Estado quitou um dívida grande com os educadores da rede pública e agora seguiremos avançando nos demais itens da pauta, sempre fortalecidos pela nossa capacidade de mobilização e luta”, conclui Marlei.

Isso vai fechar em 5 segundos

MENU