Jornalista Anderson Leandro da Silva continua desaparecido APP-Sindicato

Jornalista Anderson Leandro da Silva continua desaparecido


null

Prosseguem as buscas ao jornalista Anderson Leandro da Silva, da produtora de mídia popular Quem TV, de Curitiba, desaparecido desde o dia 10 de outubro.

Agora com condução do Grupo Tigre, da elite da Polícia Civil do Estado, e acompanhamento do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), a procura pelo jornalista completa seis dias sem pistas. O jornalista foi visto pela última vez saindo de sua produtora, no bairro Rebouças, pouco depois das 12h30, com seu veículo Kangoo placas AON-8615, rumo a Quatro Barras, onde se encontraria com um suposto cliente, mas não chegou ao destino.

Há indícios de que tenha sido vítima de uma emboscada, embora a família de Anderson admita que ele o desaparecimento esteja relacionado à sua atuação profissional, fortemente centrada na cobertura dos movimentos sociais do Estado. Em 2008, durante a desocupação de uma área no bairro Fazendinha, Anderson foi atingido por um tiro de bala de borracha, disparado por um policial militar.

“Uma das preocupações do companheiro Anderson dentro dos movimentos sociais sempre foi a democratização dos meios de comunicação e o fortalecimento das mídias alternativas e populares”, lembrou o secretário de Imprensa e Divulgação da APP-Sindicato, Luiz Carlos Paixão da Rocha.

A APP-Sindicato se solidariza com os familiares neste momento difícil e reforça o pleito às autoridades competentes pela agilidade na solução do caso.

 

Veja também:

MP entra na investigação do desaparecimento de Anderson

Sindicato dos Jornalistas solicita providências

Associação de Jornalistas investigativos cobra urgência na apuração do caso

Página no Facebook para reunir informações sobre o paradeiro de Anderson

MENU